sexta, 20 de setembro de 2019

Sony Lacerda
Compartilhar:

Entre fumaças, racha aflora

11 de setembro de 2019
A ‘segunda-feira D’ para o PSB da Paraíba. Uma reunião da Executiva Nacional que prometia, diante dos discursos de união e tals, um desfecho para a legenda no Estado, acabou em mais moído ainda. Primeiro, só estavam presentes o ex-governador Ricardo Coutinho e aliados. O governador João Azevêdo já havia dito que não ia e assim aconteceu. Por volta das 19h, Carlos Siqueira, presidente nacional do partido anunciava a tal fumaça branca: instalação de uma Comissão Provisória - o partido estava sem comando há mais de 20 dias -, com Ricardo Coutinho, presidente, e João Azevêdo, vice.

Não demorou mais que meia hora e a fumaça voltou a ficar preta. João divulgou uma carta contendo o seu lado da história, que não aceitava intervenção, muito menos ser vice de Ricardo. O PSB, de rosas às cinzas, continua em plena ebulição. Para completar, ontem pela manhã, o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, descascou o ‘abacaxi’ ou o girassol.

Foi taxativo a dizer que a culpa desse esfacelamento é do ex-governador. Que João fez bem em não aceitar e que o governador e ‘seu grupo político’, leia-se aí boa parte dos parlamentares eleitos pelo PSB, irão procurar um rumo. Para bom entendedor, não permanecerão no partido tão logo se abra a janela partidária - troca sem consequências. Ah! E Galdino falou taxativamente se tratar de um racha, como já havíamos mencionado nesse espaço. Adriano afirmou que Ricardo, sendo a maior liderança do PSB, isso é inegável, poderia apenas ter chegado até a João e dizer que queria comandar a legenda. “Mas, optou passar por cima”.

Minutos antes, o líder do Governo na Assembleia, deputado Ricardo Barbosa, já havia se utilizado de todos os adjetivos publicáveis possíveis contra Ricardo e as deputadas Estela Bezerra e Cida Ramos. Segundo ele, as duas teriam sido a causadora desse moído. Eu arrisco colocar aí a vereadora Sandra Marrocos. E, a divisão está concretizada.

Debandada

Ainda ontem, os presidentes dos diretórios municipais do PSB de de Bayeux, Santa Rita e Cabedelo, Jeferson Kita, João Batista Júnior e Sales Dantas, respectivamente, colocaram à disposição da comissão provisória, formada em reunião com a Executiva Nacional, realizada na segunda-feira, em Brasília, os cargos. Alguns prefeitos socialistas também já começam a se movimentar para deixar a legenda, mas antes disso, devem aguardar posicionamento do governador.

Confusão...

A reunião da Comissão de Constituição e Justiça da ALPB foi bem animada ontem. Depois de várias reclamações do deputado Cabo Gilberto, de que seus projetos eram relatados apenas pelo líder do governo Ricardo Barbosa, o parlamentar perdeu a paciência quando a presidente, Pollyanna Dutra, disse que ele era apenas um suplente da Comissão.

... durou

O deputado Cabo Gilberto também protestou em plenário ao presidente Adriano Galdino. Em seguida, a deputada Pollyanna pediu a palavra e disse ter sido constrangida pela fala do colega. Galdino tratou logo de acalmar os ânimos e apaziguar os dois sobre o tema e reafirmou que tudo o que decide fazer na Casa é com base no regimento interno.

Reforma na ALPB

Os deputados aprovaram ontem a reforma administrativa da ALPB, proposta pela Mesa Diretora. Segundo Adriano Galdino, o tema foi amplamente discutido com todos os parlamentares e com as entidades representativas dos servidores, tendo várias solicitações acolhidas e implantadas no projeto original. Para ele, a mudança vai ampliar a transparência e garantir a modernização e eficiência administrativa em todos os setores da Casa.

Destaque no NE

O Centro de Convenções de João Pessoa concorre ao posto de melhor Centro de Convenções de grande porte do Nordeste. Então o fato do Centro de Convenções ter sido escolhido como finalista do ‘Prêmio Caio 2019’ é muito importante. É um reconhecimento nacional ao trabalho que foi feito. A premiação será em São Paulo onde todos os segmentos de Centros de Convenções participarão”, destacou o governador.

Aprimoramento

Amanhã e sexta-feira vai acontecer o 4º Congresso Paraibano de Direito de Família e Sucessões, sob a organização do Instituto Brasileiro de Direito de Família e Sucessões – seção Paraíba, com apoio do Tribunal de Justiça e da Escola Superior da Magistratura (Esma). Com o tema Famílias, Cidadania e Autonomia Privada, o evento será voltado ao aprimoramento científico e profissional dos magistrados.

Relacionadas