segunda, 10 de dezembro de 2018

Pessoa Júnior
Compartilhar:

É preciso unir

17 de novembro de 2018
Sérgio Meira, presidente do Botafogo, tem razão. Aquela disputa acirrada pelo título do Campeonato Paraibano tem que acontecer dentro de campo. Fora deles os dirigentes precisam ser unidos e inteligentes na busca de melhorias para o futebol profissional que ainda sofre com muito amadorismo. É assim que tem que ser a partir de 2019. Antes tarde do que nunca.

Com o objetivo de melhorar o nível da discussão, Sérgio Meira tomou a iniciativa de antes do Conselho Arbitral reunir os dirigentes de clubes. Alguns entenderam a convocação, outros não. Mas Sérgio Meira revela que foi um bom começo, pois o debate oficial sobre a organização do Campeonato Paraibano aconteceu de forma bem moderada e com propostas atrativas.

Concordo com Sérgio Meira. Os dirigentes precisam trabalhar unidos fora de campo para que o Campeonato Paraibano seja mais atrativo. Se o produto melhor a força dos patrocinadores também vai chegar. Tem que pensar assim e não contar só com dinheiro público. A mentalidade precisa mudar e Sérgio Meira mostrou o caminho das pedras e sem exigências. Segue quem quiser.

O empresário Waldir Lucena, que é conselheiro e torcedor do Treze, também concorda com a ideia de Sérgio Meira.

Assim como Waldir Lucena outros dirigentes, empresários e conselheiros devem amadurecer essa proposta para que fora de campo saia uma solução viável para o futebol profissional da Paraíba. É preciso união. Chega de divergências sem futuro. O torcedor quer grandes espetáculos. E isso só vai acontecer com receita forte que possa gerar grandes contratações em todos os clubes.

Em São Paulo

José Guedes, que é pai da jornalista Aline Guedes, está em São Paulo para disputar o Campeoanto Brasileiro de Atletismo Master, hoje e amanhã. Vai correr os 100, 200 e 400 metros e ainda participará da provas de lançamento do dardo e martelo. Ele está em grande fase. Boa sorte.

+ Positivo

Além de tirar a invencibilidade da Perilima, o Esporte de Patos continua sem perder na Segundona do Paraibano e vai para a decisão de amanhã, no estádio Presidente Vargas, podendo perder até por um gol de diferença para ser campeáo. O trabalho do professor Marcos Nascimento fortalece cada vez mais o Esporte de Patos. Que venha a elite de 2019. O time tem tudo para brilhar.

- Negativo

A Federação Paraibana de Futebol terá problemas para divulgar a tabela oficial do Campeonato Paraibano, até porque os campos colocados a disposição ainda passarão por vistoria e alguns deles não serão liberados. A presidente da FPF, Michelle Ramalho, precisa apressar o passo, pois caso contrário a rodada de abertura não vai acontecer no dia 12 de janeiro, conforme programação divulgada no Arbitral.

Clube dos Oficiais

Campeão brasileiro de futsal nas categorias sub-17 e sub-7 e com importantes resultados na natação em nível nacional. Assim caminha o Clube dos Oficiais que terá mais apoio do seu presidente, o coronel Francisco de Assis, que acredita na força do esporte. O COPM-BM se tornou uma referência nacional com o Coronel Francisco.

No foco

O presidente da Federação Paraibana de Futsal, Bosco Crispim, disse que a cada dia aumenta o número de filiados que aprovam a sua reeleição. O trabalho na base e o processo de interiorização fortalecem a campanha de Bosco.

Antes de viajar para Natal-RN, onde estreia hoje ,nos Jogos Escolares da Juventude, o professor Jorge Carvalho (esq.) se reuniu com o professor João Augusto (dir.), diretor do Colégio Polígono, onde definiu toda a programação do voleibol para 2019. No esporte, o Colégio Polígono também tem alcançado importantes resultados.

Relacionadas