segunda, 14 de outubro de 2019

Sony Lacerda
Compartilhar:

De novo essa sede…

03 de outubro de 2019
Em julho de 2018, o então presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervázio Maia, entregou a reforma da Casa após sete meses em obras necessárias para o prédio em questão: histórico e antigo. Fez o que muitos não tiveram coragem, é verdade. Da obra, me parece que a única coisa que não apresentou problema real até o momento, é o suntuoso lustre do plenário (lindo, diga-se de passagem, mas...). Gervázio sucedeu Adriano Galdino na presidência. Galdino iniciou um movimento para tirar a sede do Legislativo da Praça dos Três Poderes, acabou ‘vencido’ na ocasião. Tinha R$ 17 milhões em caixa para a construção. Gervázio assumiu e optou pela reforma. Saiu Gervázio, assumiu Galdino que ressuscitou ontem a tese de uma nova sede, mas disse que só recebeu em caixa R$ 4 milhões.

Até dia desses unidos, hoje, os dois vivem de trocar farpas. Todos os dias, quando abre a sessão, Galdino solta uma ironia em relação a reforma promovida por Gervázinho. Ontem, amanheceu ‘virado’ diante dos problemas contínuos, e afirmou que vai construir sim a nova sede, na BR-230. Ok. Mas, olha só que desperídicio de dinheiro público. Gasta-se milhões em reforma não só da sede atual, mas do prédio do Paraíba Palace, que abriga o setor administrativo hoje, para agora desmanchar tudo. Marminhagente, vamos ter bom senso, ainda mais com uma crise econômica amarga dessa.

A reforma de Gervázio pode não ter funcionado, porque existem problemas nas áreas elétrica, hidraúlica, na parte de som, acessibilidade, sem falar na reforma da creche. Concordo com Galdino. quando este reclama. Mas, jogar dinheiro fora dizendo que vai gerar uma economia de R$ 70 mil, não dá para engolir. O atual presidente diz que a ‘sede’ permanecerá no Centro e o plenário e os gabinetes dos deputados ficarão no prédio da BR-230. Me desculpe, mas o Poder Legislativo é composto por deputados e onde eles estão, estará a sede. Eu penso assim.

Acabou cedendo

O presidente Adriano Galdino, antes mesmo de iniciara apreciação do projeto que regulamenta os transportes alternativos, deu um banho de água fria nos motoristas que lotaram as galerias da Casa. Galdino disse que a Lei federal se sobressaia na possível Lei estadual e que o Governo do Estado poderia vetar. Ao ver que os deputados estavam unidos pela aprovação da matéria, cedeu e passou a apoiar chegando a dizer ao final da votação que os alternativos podem contar com ele.

No jardim...

O governador João Azevêdo disse ontem que o PSB na Paraíba está se “desmanchando por autoritarismo”. Segundo ele, pessoas estão saindo porque não concordaram com a forma autoritária e antidemocrática que foi feita a dissolução. É provável que o governador e seus aliados anunciem, em breve, a nova legenda de filiação.

...girassol

A deputada estadual Estela Bezerra, que anunciou a dissolução do diretório municipal de João Pessoa ontem, não acredita na tese de João. Para ela, o partido começa a se renovar com todo esse acontecimento. Com isso, segundo a parlamentar, o momento agora é de ouvir os filiados e prosseguir na preparação para as eleições de 2020.

Tecnologia

A senadora Daniella Ribeiro, líder do Progressistas no Senado, esteve com técnicos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação para tratar de investimentos no Parque Tecnológico da Paraíba. O secretário executivo do ministério, Julio Semeghini e a equipe técnica discutiram formas de incrementar as parcerias já existentes para o desenvolvimento de projetos e ampliação do parque. A senadora esteve acompanhada do vereador Lucas Ribeiro.

Audiências

Está em andamento a 2ª etapa das audiências concentradas nas instituições de acolhimento da comarca de João Pessoa. Por determinação do Conselho Nacional de Justiça, essas audiências ocorrem nos meses de março e outubro de cada ano, com avaliação trimestral do juiz Adhailton Lacet e equipe interprofissional dos Planos Individuais de Atendimento (PIA) de cada criança e adolescente acolhidos.

Na frente

A Comarca de Patos é pioneira na Paraíba na instalação do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) voltado para ações envolvendo acidentes de trânsito. Em funcionamento há pouco mais de dois meses, o Cejusc Trânsito surgiu de um convênio entre o TJPB, por meio Nupemec, e a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos. O Centro realiza as atividades através de audiências de conciliação.

Relacionadas