sexta, 14 de agosto de 2020


Edinho Magalhães
Compartilhar:

Calendário do Congresso: volta das sessões presenciais x eleições municipais

15 de julho de 2020
Pelo Regimento Interno do Congresso Nacional a partir desta semana se iniciaria o recesso parlamentar aos deputados e senadores.

Mas suas Excelências resolveram trabalhar e suspenderam o recesso.

A iniciativa se deu em consequência dos inúmeros efeitos colaterais nocivos gerados pela pandemia Covid-19, fazendo acumular centenas de projetos relacionados ao ‘tripé saúde-assistência social-economia’ (apesar das sessões virtuais) em tramitação.

Fato é que os plenários das duas Casas reúnem centenas de pessoas de todos os estados do país, num ambiente fechado e pequeno, cenário ideal para propagação do vírus e, até agora, não se sabe ao certo quando as sessões presenciais poderão ser retomadas.

Fala-se que a partir de Agosto teríamos sessões para votação de autoridades em cargos públicos (Embaixadas, Conselhos, Agências Nacionais, etc) como ‘teste’ para o retorno, já que essas sessões dispensam leituras de relatórios, encaminhamentos e discussões.

No entanto nada é seguro nem garantido. Tudo depende do controle da Covid.

Essa discussão do ‘quando reiniciar’, porém, já tem data para terminar.

Explica-se: a partir de setembro suas Excelências estarão voltadas para as eleições municipais de Novembro e precisam se mobilizar junto aos seus candidatos a prefeitos nas cidades de sua atuação eleitoral, nem que seja virtualmente, comprometendo a realização de sessões presenciais em Brasília, se ainda houver este ano.