terça, 18 de junho de 2019

Lena Guimarães
Compartilhar:

Cabide de emprego

10 de janeiro de 2019
A utilização da administração pública como cabide de emprego é uma discussão antiga e nisso o Brasil não conseguiu evoluir e, pelo visto, vai demorar alguns séculos ainda para conseguir. A promessa de empregar pessoas para angariar votos em eleições é uma política jurássica, mas que infelizmente ainda funciona.

Pois bem! Essa realidade foi escancarada por um estudo feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) que aplicou um questionários em milhares de municípios brasileiros. Mas até nessa hora, as gestões preferem jogar o lixo para debaixo do tapete. Na Paraíba, das 223 cidades apenas 85 responderam às perguntas feitas. Ou seja, somente 38% dos gestores tiveram interesse em revelar o que conduz suas administrações.

O resultado é que pelo menos 14 comprometem até 30% das despesas com gasto de pessoal com servidores temporários. Dos que responderam ao relatório, 13 possuem até dez servidores temporários; dez possuem entre 11 e 20 servidores; seis possuem entre 21 e 30 servidores; sete possuem entre 31 e 40 servidores; e 45 possuem acima de 40 servidores temporários contratados. Quatro participantes não responderam a essa questão.

O estudo também mostra os setores onde as contratações temporárias predominam: saúde, 78; educação, 70; socioassistencial, 35; administrativo, 31; áreas específicas, 22; e outros, 13. Sobre o percentual que representa a contratação de servidores temporários dentro do gasto com pessoal, 26 municípios paraibanos disseram que comprometem até 5% das despesas com servidores temporários; 16 disseram comprometem entre 6% e 10%; 16 disseram que comprometem entre 11% e 20%; e 14 disseram comprometem entre 21% e 30%.

Três informaram que a contratação ocorreu por apresentarem estado de calamidade pública; 72 por necessitarem de profissionais especializados; e dez porque precisavam de profissionais especializados.

TORPEDO

"Tive a apoio da família, dos amigos, do povo e de Deus. Esse quarteto me elegeu. Foi o verbo contra a verba."

Do deputado estadual Raniery Paulino sobre ter sido reeleito sem apoio de prefeituras e do Governo do Estado.

Por falar nisso

Raniery começa ser cotado para candidato a prefeito de Guarabira. Dizem por lá que o nome dele tem se fortalecido entre a população. Filho de ex-governador e de ex-prefeita, ele tem se destacado por si só através do belo trabalho desenvolvido.

Seca

O prefeito do município de Cabaceiras, Tiago Castro, prorrogou a situação de emergência na cidade por conta da estiagem. Ele alega que a falta de chuvas tem causado prejuízos nas atividades produtivas, principalmente na área da agricultura e pecuária.

Dono da coisa

O deputado Benjamim Maranhão diz que o Governo Federal atendeu a um pedido seu quando homologou a demarcação administrativa do território quilombola Caiana dos Crioulos, nos municípios de Alagoa Grande, Matinhas e Massaramduba.

Combate à violência...

O deputado Pedro Cunha Lima defendeu um novo pacto federativo como forma de fortalecer o combate à criminalidade no Brasil. Os últimos acontecimentos violentos na Paraíba, com troca de tiros têm assustado o parlamentar.

...contra a mulher

Quem também está em pânico com a violência é a deputada Camila Toscano. Ela defendeu mais agilidade para punição dos agressores de mulheres, proteção mais eficaz para as vítimas e, sobretudo, educação como forma de reduzir os índices.

Retorno

O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba retoma os trabalhos no próximo dia 23. A primeira sessão ordinária de 2019 terá início com sete processos da pauta administrativa e será conduzida pelo presidente desembargador Joás de Brito Pereira Filho.

Execução Fiscal

Dentre os feitos que serão analisados, destaque para dois. O 1º trata sobre a instituição do programa de ‘Execução Fiscal: Gestão e Eficiência’. O outro se refere à criação do Fundo Especial de Segurança dos Magistrados do Estado.

ZIGUE-ZAGUE

< As duas principais convenções partidárias que darão o pontapé para a campanha eleitoral foram de época em Cabedelo já estão marcadas e prometem movimentar o município neste fim de semana.

> No sábado o prefeito interino Vítor Hugo realiza a sua e a promessa é que João Azevêdo e Ricardo Coutinho estejam nela. No domingo é Eneide Régis quem entra em campo prometendo anúncio de grandes novidades.

Colaboração de Nice Almeida e equipe CORREIO

Relacionadas