quarta, 13 de novembro de 2019

Sony Lacerda
Compartilhar:

Até onde João aguenta?

30 de outubro de 2019
Muitos paraibanos se questionam sobre a permanência, ou não, do governador João Azevêdo no PSB. Até agora o socialista tem demonstrado certo desconforto, mas se mantém firme na legenda, pelo menos por enquanto. Desde a intervenção no Diretório estadual que tirou do comando da legenda o atual secretário de Governo, Edvaldo Rosas, o governador é obrigado a responder sobre acusações feitas por ‘aliados’. O principal deles é o deputado federal Gervásio Maia que não esconde de ninguém a preferência por Ricardo Coutinho nesse cabo de guerra girassol.

Os episódios, nada agradáveis, com Gervásio Maia voltaram a acontecer quando o parlamentar não foi encontrado em Brasília para conversar com João Azevêdo sobre a destinação de emendas parlamentares. Aliados de João disseram que Gervásio ‘fugiu’ para não falar com o governador como forma de boicote por conta das divergências internas no PSB. Maia negou de pronto e disse que não tinha sido comunicado por João da sua visita ao gabinete.

Ontem Azevêdo voltou a mandar um recado para o deputado Gervásio Maia. “A Paraíba em 2018 elegeu seis deputados em nossa coligação. Eu tenho buscado ajuda de todos os deputados, essa é uma prática minha e todos os deputados podem dizer. Constantemente eu estou em Brasília, o senador Veneziano está comigo, o deputado Damião. Ou seja, só anda comigo quem quer andar comigo. Quem não quer andar, e aí se esconde muitas vezes, não precisa está dando desculpas. Quanto de recursos o deputado colocou para o governo?”, questionou.

Enquanto as discussões são partidárias, a população até que entende, mas quando a briga passa a prejudicar o Estado, é preciso repensar as posições. A Paraíba não pode ser prejudicada por birra de político mandão!

Vítimas de violência

A deputada estadual e presidente da Comissão dos Direitos da Mulher na Assembleia Legislativa da Paraíba, Camila Toscano, garantiu a aprovação de uma emenda ao projeto de Lei 1067/19 de autoria do Governo do Estado, que trata sobre a Habilitação Social. A deputada incluiu, entre os beneficiados com o programa estadual, as mulheres paraibanas vítimas de violência doméstica. Os deputados aprovaram ontem a urgência na tramitação da matéria.

Apoio

O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Eduardo Carneiro, disse ontem que seria uma honra contar com o apoio do senador José Maranhão nas eleições do próximo ano. Carneiro revelou ainda que continua conversando com o MDB sobre uma possível filiação e com outras legendas sobre apoios futuros.

Escolha

Em Campina Grande, o prefeito Romero Rodrigues continua o processo de análise dos nomes postos para concorrer a Prefeitura Municipal nas eleições do próximo ano. A decisão e anúncio só deve sair no início de 2020 e até lá, aqueles que pretendem ter o apoio do prefeito, fazem por onde fortalecer seus nomes junto à população.

Em Cabedelo

O deputado estadual e presidente do Democratas em João Pessoa, Felipe Leitão, pode disputar as eleições para prefeito de Cabedelo. Isso mesmo! questionado ontem da possibilidade de encarar o desafio, o parlamentar disse que tem um trabalho voltado ao município portuário e que algumas pessoas já começam a tratar sobre a possibilidade de uma disputa. Mesmo assim, Leitão garante que seu apoio na cidade é para candidatura de Sales Dantas. Vamos aguardar!

Acesso seguro

Equipe TJPB finalizou inspeções técnicas em mais seis comarcas, com o objetivo de implantar o Programa Controle Visita e demais protocolos de segurança. A plataforma é essencial para o funcionamento do Acesso Seguro, que controla a entrada de pessoas às unidades da Justiça, seguindo procedimentos de identificação, inspeção de segurança, submissão ao aparelho detector de metais e utilização de crachá.

Palestra

A paraibana Giselle Cittadino, professora da PUC do Rio de Janeiro, vai proferir palestra de abertura do 1º Encontro Estadual da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia-Núcleo Paraíba, que tem como tema “Do Sistema de Justiça que temos ao Sistema de Justiça que Queremos”. Será hoje, às 19h, no auditório do Centro de Tecnologia da UFPB. Ela vai falar sobre “Sistema de Justiça e Política no Brasil”.

Relacionadas