quarta, 05 de agosto de 2020


Edinho Magalhães
Compartilhar:

Assessoria do ministro Vital do Rego divulga nota

15 de julho de 2020
A quarta-feira começou com uma notícia bomba do site Antagonista e da revista Crusoé sobre suposta delação, do ex governador do Rio Sérgio Cabral, denunciando "a existência de uma mesada mensal a três ministros do TCU no valor de R$ 100 mil para cada: Bruno Dantas, Luis Carreiro e o paraibano Vital do Rêgo".

Segundo a notícia, "a mesada teria sido paga por meio de um contrato simulado entre a Fecomércio e um escritório de advocacia".

Eis a nota da assessoria do ministro Vital:

"Em relação ao conteúdo de notícia veiculada na data de hoje, na revista Crusoé e no site Antagonista, trata-se de tentativa de delação do ex-governador Sérgio Cabral, posta há mais de 6 meses, que sequer foi homologada pelo STF e que tenta requentar acusações totalmente levianas".