terça, 22 de outubro de 2019

Fábio Cardoso
Compartilhar:

Aeroportos cheios

20 de junho de 2019
Os 45 aeroportos da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) com voos regulares devem receber 1,17 milhão de passageiros, entre embarques e desembarques, durante o feriado de Corpus Christi, de ontem a 24 de junho. No período, também são esperadas 9.888 operações de pousos e decolagens nos terminais administrados pela empresa. Os dias de maior movimento devem ser a quarta-feira (19/6), com 210,3 mil passageiros e 2.005 aeronaves, e a próxima segunda-feira (24/6), com 261,5 mil embarques e desembarques e 2.098 operações de pousos e decolagens. A estimativa leva em conta a oferta de assentos das empresas aéreas.

Ampliação de limite

Um levantamento realizado em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que é comum o recebimento de propostas espontâneas de ampliação do limite de crédito por parte de bancos, instituições financeiras e lojas que operam com sistema próprio de crediário. De acordo com a pesquisa, nos últimos 12 meses, quatro em cada dez usuários de cartão de crédito (38%) receberam alguma oferta de aumento do limite sem que tenham solicitado ao banco ou instituição financeira. O mesmo ocorreu com usuários de outras modalidades, que tiveram aumento do limite de empréstimos e de crédito pré-aprovado (34%), aumento do limite de cartão de lojas (28%) e expansão do limite disponível no cheque especial (24%).

Proposta interessante

Entre os que receberam esse tipo de oferta, mais da metade (53%) achou a proposta interessante, por considerar positivo ter crédito à sua disposição. Outros 21% contestaram a oferta porque não viam necessidade no uso. Outros 18% utilizaram o crédito disponível, seja por estarem precisando do dinheiro naquele momento (13%) ou até mesmo sem que houvesse necessidade (5%).

Inclusão social

A Caixa firmou ontem, em São Paulo, termo de compromisso com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) para realizar a inclusão social de pessoas com deficiência (PcD) por meio de atividades esportivas, culturais e educativas. A nova parceria com o CPB integra as ações da Caixa como o Banco da Inclusão, que se propõe a criar oportunidades para todos os brasileiros, estimulando a inclusão e a cidadania, sem distinção. Dentro dessa estratégia, a Caixa planeja abrir centros de inclusão por todo o país. Além de atividades esportivas, os centros vão oferecer palestras, oficinas para iniciação cultural, e educação financeira e ambiental, entre outras atividades de inclusão e integração social. O projeto atenderá, também, adultos e idosos, além de empregados da Caixa com deficiência. O investimento total é de R$ 10 milhões, num prazo de 4 anos, com recursos do Fundo Socioambiental Caixa.

Elaboração de laudos

O Conselho Regional de Economia da Paraíba realizará no próximo dia 20 de julho, na empresa Executivo SA, Curso Prático de Elaboração de Laudos Periciais, que será ministrado pelo perito econômico-financeiro Robespierre do O’, com carga horária de oito horas. As inscrições podem ser feitas através do número 99970-3973 e pelo e-mail cursosexecutivossa@gmail.com. O conteúdo programático é composto de : tipos de laudos periciais, erros mais comuns, fases da perícia, diagnóstico inicial até a elaboração do laudo, casos práticos de laudos para apresentar aos participantes, preços e valores a serem cobrados e atuação do núcleo de perícia do RN.

Vendas juninas

A procura por produtos típicos das festas juninas impulsiona as vendas nas unidades Extra e Pão de Açúcar em todo o País. Os festejos incrementam, em especial, as vendas de bebidas e alimentos à base de milho, como bolos e pipoca. Juntas, as redes projetam um crescimento de 15% na venda de itens sazonais, na comparação com o mesmo período do ano passado. No setor de padaria, a produção de sobremesas típicas foi reforçada e os clientes encontram bolo de milho, fubá, laranja, mandioca e pé de moleque em diferentes tamanhos.

Protesto online

Créditos devidos a empresas podem ser recuperados em até dez dias úteis pelo Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil, Seção Paraíba, (localizado na rua Afonso Campos, em João Pessoa). Quem garante é o gerente comercial do órgão, Erick Ribeiro. Segundo ele, o protesto online é uma ferramenta simples, prática e objetiva que proporciona comodidade para quem a utiliza. “É uma ferramenta que o gestor (tomador de decisão na empresa) pode lançar do próprio escritório os títulos que se pretende recuperar”, afirma, acrescentando que se a ferramenta for utilizada de forma prática, o responsável pela empresa emite os títulos, o Instituto os recepciona, faz uma avaliação criteriosa e os encaminha aos cartórios nas praças onde os créditos precisam ser recuperados.

Cansaço emocional

O Informativo do Laboratório Maurílio de Almeida, do médico e empresário Fabio Rocha, sempre com assuntos ligados a saúde, traz essa semana um tema bem atual: o “Cansaço Emocional”. O conteúdo mostra que quando o esgotamento emocional é grande gera desinteresse, fazendo com que o indivíduo não consiga se animar com nada, mesmo com coisas que, em seu estado normal, goste muito. Informa ainda que a irritação excessiva com coisas banais pode ser outro sintoma de cansaço emocional, a exemplo da agitação da vida moderna, muita gente grudada na luz dos celulares, o eterno corr-corre, o transito e outros aborrecimentos. Acesse http://www.mauriliodealmeida.com.br/site/ e saia muito mais sobre o tema.

Relacionadas