domingo, 16 de junho de 2019

Edinho Magalhães
Compartilhar:

A Crise em Brasília

26 de março de 2019
Apesar de termos um Governo novo, a Capital da República ainda padece com velhas crises.

A crise do ‘poder pelo poder’ é uma delas. Surge quando, por exemplo, o STF acha que pode tudo. O Congresso acha que pode mais que o Governo. Quando procuradores da Lava jato acham que somente eles podem algo. Ou, ainda, quando o Governo acha que ninguém pode nada. Já vimos esse filme antes. Não há vencedores.

Mas, uma nova crise pode estar surgindo em Brasília. A crise de “Abstinência pelo Poder”. Algo que, a princípio, seria sentido pelos partidos do Congresso quando o presidente da República avisa que “não fará mais articulações da velha política (toma lá dá cá) que terminou na prisão de Lula e Temer”. Vamos lá: nessa última crise, se o Governo errou, Rodrigo Maia erra ainda mais. Errou o alvo e a dose do tiro. Entre ele e o agora ministro Moro, a sociedade aposta em 10 pra 1 no ex-juiz, o ‘herói da Lava Jato’.

Rodrigo sabe que errou e está buscando apoios. Sabe que seu desgaste significa um desgaste ao Congresso que sairá perdendo na queda de braço com o Planalto.

Por isso, internamente, vem escalando o ‘Centrão’ para puxar o protagonismo de uma pauta nacional, incluindo a Reforma da Previdência. Os deputados sabem da necessidade de aprovar ‘uma reforma’, mas sabem também que a proposta do Governo desagrada a sociedade e os servidores. Então eles devem mudar o texto e fazer uma reforma mais branda, com menos compromisso com o Governo e mais com a platéia. Parte da estratégia é de escalar novos líderes e blindar Rodrigo. Vem aí a cavalaria: Aguinaldo Ribeiro liderando o ‘Centrão’.

Lider da Maioria

O anúncio do nome de Aguinaldo Ribeiro como novo Líder da Maioria na Câmara seria feito na quinta-feira. A prisão do sogro de Rodrigo Maia, no mesmo dia, adiou para esta semana.

Apoio de Ruy

Sobre a ida do Ministro da Saúde ontem à Paraíba, o deputado Ruy Carneiro lembra que sempre foi um grande apoiador das instituições filantrópicas da Paraíba, (hospitais Napoleão Laureano, São Vicente de Paulo, Padre Zé e Flávio Ribeiro Coutinho. Ele integra em Brasília a Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas.

Contra Corrupção

Falando no deputado Ruy Carneiro, ele acaba de lançar em Brasília a Frente Parlamentar Mista ‘Ética contra Corrupção’, cuja missão é acelerar a tramitação de todos os projetos de combate à corrupção que tramitam na casa, inclusive o pacote encaminhado pelo ministro Sérgio Moro.

Gervásio Debate com Ministro

Pelas redes sociais o deputado Gervásio Maia confirma para esta terça debate com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a Reforma da Previdência, às 14hs na CCJ da Câmara, da qual é membro. Gervásio é, ainda, integrante da Frente Parlamentar em defesa da Previdência.

Pedro Doa Recursos

Já o deputado Pedro Cunha Lima presta contas de seu mandato e informa que doou, para projetos sociais, o valor do auxílio-mudança que recebeu no início deste mandato: “destinamos R$ 15.000,00 à APAE de Campina e R$ 15.000,00 à APAE de João Pessoa”.

O Frei x o Juiz

Sobre o imbróglio entre Rodrigo Maia e o ex-juiz Sérgio Moro, o deputado Frei Anastácio se manifestou contra o atual Ministro da Justiça: “Rodrigo não deve se submeter aos caprichos do Moro que enviou um pacote discriminatório contra pobres, negros, movimentos sociais e comunidade LGBT, dando até autorização para a polícia matar”.

Iniciativa Inteligente

Sensível à situação de Campina Grande, a senadora Daniela Ribeiro aproveitou o Dia Mundial da Água para incentivar seu uso sustentável, inclusive dentro do Senado da República, cuja vazão de água nas torneiras é demasiada. “É preciso ter consciência sobre o volume de água. Não se pode admitir que alguns poucos tenham muito e muitos tenham pouco”.

Audiências de Edna

Sobre audiência que manteve com ministro Gustavo Henrique, do Desenvolvimento Regional, a deputada Edna Henrique se disse bastante satisfeita com a receptividade em torno dos pleitos apresentados: inclusão de municípios nos programas hídricos e de habitação, e liberação de recursos para o Eixo Norte da transposição.

Relacionadas