quarta, 13 de novembro de 2019

Lena Guimarães
Compartilhar:

E os partidos? Importam?

29 de outubro de 2019
“Eu posso ser um presidente sem partido”. A afirmação do presidente da República, Jair Bolsonaro, reascende uma velha questão: os partidos ainda importam no jogo eleitoral? Qual o papel que cumprem hoje? Se formos fazer uma análise bem rasa, se chega fácil a conclusão de que a grande maioria das legendas em atividade no Brasil se transformou em massa de manobra, em parte é preciso reconhecer.

Eu explico. É que os mandatos que deveriam ser dos partidos, hoje são de pessoas. Mas, os partidos corroboram. Não querem perder a ‘boquinha’ do Fundo partidário e ficam naquela: você finge que segue a ideologia e nós fingimos que estamos cobrando. Isto é, quando existe ideologia. Para mim, esse item que é essencial já caiu na vala comum há muito tempo.

Nas últimas eleições, o ‘troca-troca’ de parlamentares tem sido até corriqueiro. Tem deles que já passaram por mais de cinco partidos, ou mais. E sabe porquê? Porque essas pessoas buscam poder, já que agora todo mundo quer ter um partido para chamar de seu.

Partido na mão significa que terão retornos, não apenas de voto; e recursos do fundo partidário e eleitoral. Recursos ‘gordos’, cuja legislação branda abre brechas para uso irregular. Óbvio que eu não coloco nesse bolo todos os partidos. Prefiro acreditar que existem exceções e o benefício da dúvida.

A afirmativa do presidente aconteceu durante visita a Ásia, na última sexta-feira. O contexto era o racha no PSL e se o presidente cogitava trocar de partido. “Tanto faz eu estar com partido ou sem partido”. Esse ‘tanto faz’ mostra, além de qualquer descrédito, a desimportância que é estar em uma legenda, participar desta. Os eleitos hoje estão partidários apenas por um detalhe jurídico: precisam estar filiados a um partido para serem candidatos. No dia que essa regra for derrubada, a tendência é que desapareçam. Uma pena! (Sony Lacerda)

Torpedo

"O Brasil está caminhando para um futuro promissor e isso se comprova com essa cooperação em energias renováveis e eficiência energética entre o País e a China. É bom saber que o governo brasileiro segue esse caminho" Do deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar de Biocombustíveis e Energias Renováveis da ALPB, Tovar Correia, durante Conferência da DATAGRO.

Composição 1

A Executiva Nacional do Partido Verde (PV), se reuniu no final de semana, em Brasília, e elegeu novos integrantes. O prefeito Luciano Cartaxo não emplacou nenhum paraibano no comando partidário. Os eleitos terão mandato de dois anos.

Composição 2

Ao contrário do PV, o Cidadania na Paraíba emplacou o nome do presidente estadual da legenda, Ronaldo Guerra, na direção nacional. O secretário de Estado da Comunicação, Nonato Bandeira, já fazia parte do comando que tem Roberto Freire como presidente nacional.

Fortalecimento

Por falar em Roberto Freire, o presidente revelou ontem que já determinou a Nonato Bandeira e Ronaldo Guerra que continuem as conversas com o governador João Azevêdo para uma possível filiação. Só falta o socialista decidir se deixa o jardim girassol.

Decidida

A secretária de Estado de Desenvolvimento e Articulação Municipal, Ana Cláudia Vital do Rêgo, anunciou que seu nome está à disposição para concorrer a Prefeitura de Campina Grande nas eleições de 2020. Além do anúncio, ela também já adotou o discurso oposicionista.

Tréplica

O deputado federal Gervásio Maia vai responder as afirmações feitas pelo líder do governo João Azevêdo na Assembleia, deputado Ricardo Barbosa, sobre documentos que comprovam pedidos do governo referentes as emendas parlamentares? Vamos aguardar!

Fortalecimento

O PSDB paraibano vai realizar uma campanha de filiação voltada para as mulheres. O partido pretende fortalecer e ter o maior número de candidatas possível para prefeita e vereadora nas eleições do próximo ano. As tucanas não aceitam candidaturas ‘laranjas’.

Parcerias

A Assembleia Legislativa está prestes a criar o ‘Prêmio Internacional País Amigo da Paraíba’ que se destina a agraciar os países que desenvolvem projetos e ações em benefício do Estado. Uma iniciativa louvável proposta pela deputada Camila Toscano.

Zigue-zague

A Semana Estadual do Empreendedorismo, realizada de 4 a 8 de novembro em João Pessoa, vai debater temas como os Desafios do Desenvolvimento do Semiárido Paraibano.

O evento é fruto de uma lei do presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da ALPB, Eduardo Carneiro.

* Sony Lacerda e André Gomes

Relacionadas