terça, 16 de julho de 2019
Cinema
Compartilhar:

‘O primeiro homem’ estreia nesta quinta-feira nos cinemas da Paraíba

André Luiz Maia / 18 de outubro de 2018
Foto: Divulgação
O feito histórico de ser o primeiro homem a pisar na Lua é algo que introduziu o nome do astronauta Neil Armstrong nos livros de História para sempre (inclusive com a frase que disse no momento: “Um pequeno passo para um homem, um salto gigantesco para a humanidade”). O que o diretor Damien Chazelle (La La Land - Cantando Estações) faz aqui, no entanto, é contar a história do homem antes do acontecimento. O Primeiro Homem chega aos cinemas paraibanos nesta quinta-feira (18).

A adaptação cinematográfica toma como base o livro homônimo, escrito por James R. Hansen. Ao invés de tratar a biografia pessoal de Armstrong simplesmente, a produção tenta recriar a paisagem da época da corrida espacial, na qual Estados Unidos e União Soviética se degladiavam para demonstrar poder e força através da tecnologia.

Não espere um filme com a grandiosidade estética de Gravidade, de Alfonso Cuarón. Menos takes de aventuras espaciais e mais diálogos que mostram a teia de relacionamentos humanos conflituosos.

O filme recebeu críticas de extremistas por evitar o ufanismo e não mostrar o momento em que a bandeira americana é fincada na Lua. Ryan Gosling disse, no Festival de Toronto, que o filme entende a conquista como “da humanidade”.

Outras estreias

Legalize já – A amizade nunca morre

Exibido na Paraíba no fim do ano passado, o filme chegou a vencer o Fest Aruanda. A cinebiografia da banda Planet Hemp traz um retrato afetuoso da origem de uma das bandas mais controversas do país, que defendia abertamente a legalização das drogas, especialmente a maconha. Os fãs de música brasileira também conhecem através do filme os primeiro passos de Marcelo D2. Estreia em João Pessoa.

A justiceira

Jennifer Garner estrela esse filme de ação com bastante violência e sangue, do diretor de Busca Implacável. O roteiro não reserva grandes surpresas, se assemelhando aos filmes de vingança do gênero: familiares mortos, sobrevivente que se articula para matar todos os responsáveis. A diferença aqui é que, ao invés de um homem, é uma mulher que treina por anos até se tornar uma máquina de matar. Estreia em João Pessoa.

A casa do medo – incidente em Ghostland

Pauline acaba de herdar uma casa de sua tia e então decide morar lá com suas duas filhas, Beth e Vera. Mas, logo na primeira noite, o lugar é atacado por violentos invasores e Pauline faz de tudo para proteger as crianças. Dezesseis anos depois, as meninas, agora já crescidas, voltam para a casa e se deparam com coisas estranhas. Estreia em João Pessoa.

Relacionadas