quarta, 19 de dezembro de 2018
Cinema
Compartilhar:

‘Fest Aruanda’ divulga curta-metragens selecionados que estarão no evento

André Luiz Maia / 31 de outubro de 2018
Foto: Reprodução
O Fest Aruanda está se preparando para mais uma ano de atividades, que acontece entre os dias 6 e 12 de dezembro em João Pessoa. A organização da 13ª edição do evento divulgou a lista dos curtas-metragens selecionados pelo festival. Durante os próximos dias, serão revelados os filmes exibidos em outras categorias e mostras.

A curadoria ficou responsável pelos jornalistas Amilton Pinheiro e Clarissa Kuschnir (São Paulo) e Suyene Correia dos Santos (Sergipe). Ao todo, foram 12 selecionados. sendo nove deles ficções. Há representantes das regiões Nordeste, Sul, Sudeste e do Distrito Federal.

Dentre os selecionados, três filmes paraibanos: De Vez em Quando, Quando Eu Morro, Eu Choro, de R.B Lima, Rasga Mortalha, de Pattrícia de Aquino, e Ultravioleta, de José Dhiones Nunes.

Rasga Mortalha é fruto do projeto Revelando os Brasis, que seleciona produtores de audiovisual de cidades distantes dos grandes centros urbanos. A paraibana Pattrícia de Aquino aparece no projeto representando a cidade de São Domingos do Cariri. Outra cidade do interior representada no Fest Aruanda é Congo, com a produção de ficção científica distópica Ultravioleta.

Este ano, o grande homenageado do festival é o cineasta paraibano Marcus Vilar. O público poderá conferir as produções cinematográficas do diretor, que remonta aos anos 1980.

Curtas selecionados

Passo, de Sérgio Rizzo - Documentário (SP)

De Vez Em Quando, Quando Eu Morro, Eu Choro, de R. B. Lima - Ficção (PB)

Roda da Fortuna, de Luciano Porto - Ficção (DF)

Rasga Mortalha, de Pattrícia de Aquino - Ficção (São Domingos do Cariri/PB)

Reforma, de Fábio Leal - Ficção (PE)

Formidável Fabriqueta de Sonhos Menina Betina, de Tiago Ribeiro - Animação (Pelotas/RS)

Distúrbio, de Cláudia Ribeiro - Ficção (SP)

Fè Mye Talè, de Henrique Lahude - Ficção (Encantado/RS)

Edney, de João Roberto Cintra - Ficção (PE)

Divina Luz, de Ricardo Sá - Documentário (ES)

Ultravioleta, de José Dhiones Nunes - Ficção (Congo/PB)

Abismo, de Ivan de Angelis - Ficção (RJ)

Relacionadas