terça, 20 de abril de 2021

Cidades
Compartilhar:

Voo da GOL atrasa mais de duas horas e passageiros reclamam de descaso da companhia

Rammom Monte com informações de Mislene Santos / 24 de novembro de 2016
Foto: Mislene Santos
Passageiros de um voo da Companhia Aérea GOL passaram por transtornos no início da tarde desta quinta-feira (24) no Aeroporto Internacional Castro Pinto, em João Pessoa. O voo 2163, com destino ao Rio de Janeiro, que estava marcado para decolar às 11h45 teve um atraso mais de duas horas e a saída está marcada para às 14h30. Os clientes reclamaram do atraso e da falta de comunicação da empresa.

Uma destas pessoas foi Paula Cristina de Oliveira, que atualmente está desempregada. Ela veio para a Paraíba com o filho para visitar a família e já estava esperando a quase cinco horas no saguão de embarque.

“Foi bem constrangedor, inesperado. Cheguei às 9h e não sabia de nada. Disseram que ia atrasar só uma hora, meia hora depois disseram que ia atrasar mais uma hora, então a gente está aqui com criança, desprevenida, e eu não trouxe dinheiro para estar aqui até esta hora esperando. Não deram nenhuma assistência, só afirmaram que pousará às 14h e sairá às 14h30, não perguntaram se eu queria ajuda, alguma dinheiro para lanchar, nada. Estou aguardando”, disse.

Já o advogado Marcos dos Santos afirmou que, por conta do atraso, perderá um compromisso importante no Rio de Janeiro e que já estuda processar a companhia aérea.

“Eu estava aqui a negócio resolvendo um problema dos meus clientes e meu voo estava programado para as 11h45 e quando chegamos na sala de embarque nos deparamos com a notícia de que o voo havia sido cancelado e que só sairia às 14H30. Na verdade, ninguém deu informação, nós sabemos que o voo está programado para às 14h30 porque está aparecendo na tela de aviso. Eu tinha um compromisso às 18h, uma reunião com uma empresa que é cliente do escritório, um compromisso importantíssimo que eu tenho que participar e eu vou acabar perdendo, porque o vôo programado às 14h30, vai chegar lá só às 18h30, no Rio de Janeiro e certamente eu não vou conseguir chegar a tempo no compromisso .Vai representar um enorme prejuízo, tanto é que minha intenção é ajuizar uma ação contra a Gol. Uma ação por indenização por danos morais, pela falha na prestação de serviço”, disse.

De acordo com informações de funcionários da empresa que estavam no Aeroporto Castro Pinto, o atraso se deu por conta de um problema mecânico. Uma ave teria sido encontrada na turbina do avião, enquanto este estava no aeroporto Galeão, no Rio de Janeiro. Por conta disto, foi necessário fazer uma manutenção.

Passageiros que entraram em contato com a reportagem do Correio Online afirmaram que a empresa disponibilizou um voucher no valor de 25 reais para os clientes que procuraram o guichê da companhia aérea. Porém, este voucher só valeria em um determinado restaurante, que não consegui suprir as demandas e algumas pessoas estavam com o vale, mas não conseguiram efetuar a troca.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a GOL confirmou que o voo G3 2163 (João Pessoa – Rio de Janeiro) registrou atraso devido à ocorrência de colisão com pássaro no percurso anterior. "Os passageiros receberam a assistência necessária e a decolagem ocorreu às 15:15, horário local. A GOL reitera que adota em suas operações os mais altos padrões de segurança, item prioritário em sua política de gestão".

Sobre um possível problema em relação ao voucher, a companhia afirmou que o imbróglio durou aproximadamente 15 minutos, mas que em seguida foi resolvido.

 

Relacionadas