quarta, 25 de novembro de 2020

Violência
Compartilhar:

Quem socorre o Samu? Serviço recorre aos Bombeiros e a PM para ter segurança

Rammom Monte / 14 de dezembro de 2015
Foto: Nalva Figueiredo
Alguns socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) passaram por apuros na madrugada desta segunda-feira (14) após uma ocorrência em Santa Rita. Na ocasião, a ambulância que socorria uma das vítimas foi perseguida por dois homens que queriam assassinar quem estava sendo socorrido. Essa foi apenas uma das várias situações que os socorristas precisam enfrentar. Por conta disso, o Samu tem uma espécie de parceria com o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar da Paraíba.

De acordo com a assessoria do Samu, sempre que o órgão é acionado para atender a alguma ocorrência que envolva violência, o médico regulador aciona a Polícia Militar para que os policiais cheguem primeiro ao local para que possa dar segurança tanto à vítima, quando à equipe socorrista.

Porém, não foi o que aconteceu nesta segunda-feira (14). O Samu foi acionado para socorrer uma vítima baleada após uma discussão em uma festa na cidade de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa. Ao saber que o alvo dos tiros havia sido socorrido pelo Samu, os suspeitos seguiram a ambulância para tentar matar o rapaz que estava sendo socorrido. A ambulância teve que pedir socorro em um posto da Polícia Rodoviária Federal, mas os suspeitos não foram localizados.

Segundo a assessoria do Samu, outro caso do tipo já foi registrado há alguns anos após uma ocorrência no Bairro das Indústrias, em João Pessoa. Além disso, outros casos de violência contra vítimas que estavam sendo atendidas pelo Samu já foram registradas. Porém, eles não falaram em números.

Relacionadas