quarta, 27 de janeiro de 2021

Trânsito
Compartilhar:

Usuários poderão monitorar horários de ônibus por meio de aplicativo em João Pessoa

Lucilene Meireles / 20 de maio de 2016
Foto: Nalva Figueiredo
Até o final de junho, todos os ônibus que fazem o transporte coletivo em João Pessoa passam a contar com GPS. A tecnologia vai ajudar a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) a identificar problemas como a queima de parada, segunda principal reclamação dos usuários em 2015, representando 26,52% das 2.413 queixas. Foi feito um teste-piloto do aplicativo, que permitirá ainda ao usuário saber em quanto tempo o ônibus vai passar no local onde ele está.

“Através do celular, será possível fazer o acompanhamento de qualquer linha e em qualquer local. Para o passageiro, será útil para saber quanto tempo vai esperar o ônibus que ele está precisando para se deslocar. Para a Semob, o GPS vai dar melhor condição de saber se o motorista está fazendo a viagem, se está no itinerário e horário corretos. Isso faz parte do monitoramento e fiscalização direto da central de operações”, destacou o superintendente de Mobilidade Urbana, Carlos Batinga.

A Semob está na fase de coleta de informações e ajustes do aplicativo. “A meta é que, até o final de junho, ele esteja disponível à população”, reforçou. As informações serão utilizadas para melhorar o serviço de transporte público, identificando falhas e buscando soluções. “Temos que estar juntos, tentando diminuir os acidentes que causam tantas mortes”, acrescentou.

Foram simuladas três experiências ontem, durante o evento, para demonstrar como é o funcionamento do aplicativo, conforme explicou o diretor da Conciso TI, Nicholas Paiva, que está desenvolvendo o aplicativo, que começou a ser utilizado em Natal (RN), este mês. Será formado um grupo de pessoas, na Capital, para testar o aplicativo antes que ele seja disponibilizado.

“A primeira experiência possível é na parada, quando o usuário fica procurando o ônibus. Com o aplicativo, ele vai saber quanto tempo o coletivo vai demorar. Na segunda, ele pode estar em um lugar qualquer e quer saber o próximo ônibus de uma linha que vai passar em uma determinada paraAté o final de junho, todos os ônibus que fazem o transporte coletivo em João Pessoa passam a contar com GPS. A tecnologia vai ajudar a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) a identificar problemas como a queima de parada, segunda principal reclamação dos usuários em 2015, representando 26,52% das 2.413 queixas. Foi feito um teste-piloto do aplicativo, que permitirá ainda ao usuário saber em quanto tempo o ônibus vai passar no local onde ele está.

“Através do celular, será possível fazer o acompanhamento de qualquer linha e em qualquer local. Para o passageiro, será útil para saber quanto tempo vai esperar o ônibus que ele está precisando para se deslocar. Para a Semob, o GPS vai dar melhor condição de saber se o motorista está fazendo a viagem, se está no itinerário e horário corretos. Isso faz parte do monitoramento e fiscalização direto da central de operações”, destacou o superintendente de Mobilidade Urbana, Carlos Batinga.

A Semob está na fase de coleta de informações e ajustes do aplicativo. “A meta é que, até o final de junho, ele esteja disponível à população”, reforçou. As informações serão utilizadas para melhorar o serviço de transporte público, identificando falhas e buscando soluções. “Temos que estar juntos, tentando diminuir os acidentes que causam tantas mortes”, acrescentou.

Foram simuladas três experiências ontem, durante o evento, para demonstrar como é o funcionamento do aplicativo, conforme explicou o diretor da Conciso TI, Nicholas Paiva, que está desenvolvendo o aplicativo, que começou a ser utilizado em Natal (RN), este mês. Será formado um grupo de pessoas, na Capital, para testar o aplicativo antes que ele seja disponibilizado.

“A primeira experiência possível é na parada, quando o usuário fica procurando o ônibus. Com o aplicativo, ele vai saber quanto tempo o coletivo vai demorar. Na segunda, ele pode estar em um lugar qualquer e quer saber o próximo ônibus de uma linha que vai passar em uma determinada parada. A outra experiência é, ao subir no ônibus, verificar quanto tempo a viagem vai demorar”, destacou. Com a utilização do aplicativo, as pessoas vão poder sugerir novas experiências. O consultor João Vianei destacou que a utilização do aplicativo é simples. “Ele vai mostrar as paradas de ônibus mais próximas, as linhas que vão passar e os horários”, disse.

Leia Mais

Relacionadas