sexta, 15 de janeiro de 2021

Trânsito
Compartilhar:

Triplicação da BR-230 reduzirá trânsito entre Oitizeiro e Cabedelo

Celina Modesto / 12 de fevereiro de 2017
Foto: Assuero Lima
Quem precisa utilizar a BR-230 nos horários de pico, a exemplo das 8h ou 18h, quando grande parte das pessoas se dirige ou volta do trabalho ou de universidades, sabe o quão necessária é a abertura de uma terceira faixa como a que vai ser feita no trecho entre Cabedelo e o viaduto Governador Ivan Bichara, na confluência com a BR 101, no bairro de Oitizeiro, em João Pessoa. A obra de 28 quilômetros já é considerada uma das mais importantes da mobilidade urbana na Região Metropolitana João Pessoa.

Estimativas do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) na Paraíba apontam que, ao longo do trecho que vai receber a terceira faixa, a média de tráfego é de 45 mil veículos por dia, com pico de 84 mil ao dia. Destes, cinco mil automóveis são de carga, o que corresponde a 6,7% do total estimado pelo órgão.

De acordo com o Dnit, a obra inclui a construção de 14 passarelas e 14 viadutos, além de ciclofaixas em alguns trechos da via. No total, as obras da terceira faixa da BR-230 deverão custar R$ 255,4 milhões. A intervenção vai garantir mais acessibilidade, além de maior facilidade no escoamento de produtos pelo Porto de Cabedelo.

Ordem de serviço

A assinatura da ordem de serviço está previamente agendada para o final deste mês e, já na próxima segunda-feira, as máquinas vão ser posicionadas no canteiro de obras.

O deputado federal Wilson Filho (PTB), responsável por conseguir a emenda parlamentar na ordem de R$ 150 milhões para a execução da terceira faixa, comentou sobre a importância da obra para a mobilidade urbana. “A BR-230 é atípica porque, ao mesmo tempo em que é uma estrada, é também nossa principal avenida dentro da Região Metropolitana. Por isso, qualquer acidente ou buraco que surge nela é capaz de parar o trânsito da Capital. Além disso, todas as avenidas principais ‘deságuam’ na BR-230. Isso reforça ainda mais a importância da obra”, declarou.

Outra questão citada pelo parlamentar foi o problema dos engarrafamentos. “Esse trecho tem vários pontos em que o trânsito fica muito pesado, com engarrafamentos monstruosos como era no Geisel. Além da terceira faixa, também serão construídos viadutos para ajudar na melhor fluência do trânsito. Os pedestres também serão contemplados com passarelas para que eles não transitem entre os carros e, assim, evitar acidentes e mortes na BR-230”, afirmou Filho.

Leia Mais

Relacionadas