terça, 19 de janeiro de 2021

Trânsito
Compartilhar:

Operação ‘Semana Santa’ da PRF registra três mortes durante o feriadão nas estradas da PB

Da redação com assessoria / 17 de abril de 2017
Foto: Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) concluiu neste domingo (16), a Operação Semana Santa, que teve início na última quinta-feira (12). O número de mortos se manteve o mesmo de 2016: 3 mortes. Em relação ao número de acidentes, houve uma redução, passando de 27 em 2017 para 26 neste ano. Por outro lado, o número de feridos foi maior: 27 contra 21 do ano passado. Todas as mortes estão relacionadas à acidentes envolvendo motocicletas.

Duas ocorrências aconteceram no interior do Estado; um deles foi um atropelamento de animal e o outro uma colisão na traseira de um caminhão por não guardar distância de segurança. O terceiro acidente ocorreu na Região Metropolitana de João Pessoa. O condutor, um homem de 29 anos de idade, perdeu o controle da moto e caiu juntamente com o passageiro. Ambos foram atropelados, após a queda, por uma outra motocicleta que seguia atrás com três ocupantes. O condutor da primeira morreu.

O efetivo da PRF deu ênfase a quatro alvos considerados os que mais afetam a segurança no trânsito rodoviário: excesso de velocidade, veículos duas rodas, ultrapassagens irregulares e embriaguez. Os acidentes mais graves são decorrentes do abuso no acelerador. As vítimas de acidentes onde o veículo estava em velocidade excessiva saem, na maioria dos casos, graves ou mortas. A embriaguez ao volante é outra causa de acidentes graves. Às vezes, associados ao excesso de velocidade. Outro perfil de condutor que vem se destacando negativamente no trânsito brasileiro é o usuário de veículo de duas rodas, que são as motocicletas, ciclomotores e motonetas. Muitos, sequer, são habilitados; o que agrava ainda mais os riscos de acidentes. Ao final, foram registrados 26 acidentes, que produziram 27 feridos e três mortes.

Perigo em duas rodas

Os veículos do tipo duas rodas se destacaram negativamente neste feriado. Dos 26 acidentes registrados nesta operação, 11 deles tinham motocicletas ou ciclomotores envolvidos. Em dois deles houve o envolvimento de quatro motos, todos eles com vítimas. Os três mais graves deixou um saldo de oito vítimas; destas, três mortas e cinco feridas.



 

Relacionadas