domingo, 16 de maio de 2021

Trânsito
Compartilhar:

Obra da Avenida Beira Rio está atrasada e serviço provoca congestionamentos

Lucilene Meireles / 09 de março de 2016
Foto: Assuero Lima
A construção da ponte da Avenida Beira Rio, obra que deve pôr fim aos alagamentos que ocorrem com a cheia do Rio Jaguaribe no período chuvoso, não terminou no prazo prometido pela Prefeitura de João Pessoa. Conforme a placa que anuncia o serviço, a conclusão deveria ter sido no dia 23 de fevereiro. Porém, os trabalhadores não terminaram sequer o primeiro lado. Com o atraso, o trecho, que tem tráfego intenso de veículos, registra congestionamentos diários nos horários de pico.

O motorista Joseny Costa Filho foi enfático. “Para mim, essa obra não vai terminar nunca”. Já a aposentada Socorro Barbosa, que enfrenta diariamente os engarrafamentos no local, acredita que a ponte já deveria estar pronta. “Como é uma obra grande, isso acaba camuflando a lerdeza. É muito grave a situação do trânsito aqui”, afirmou.

Na opinião da fisioterapeuta Patrícia Pimenta, que mora há dez anos no Cabo Branco e utiliza o trecho todos os dias, a obra interfere na circulação de veículos, mas ela acredita que o trânsito é mais crítico no contorno que dá acesso ao Altiplano. “Independente da obra, o problema de congestionamento sempre existiu nesse ponto e acredito que falta um semáforo e não um girador”, declarou.

A elevação da ponte e a obra de ligação entre as avenidas Beira Rio e Epitácio Pessoa tiveram início em junho de 2014, com a drenagem e pavimentação da Rua Professora Angelina Balthar, conhecida como Rua do Capim, permitindo acesso direto entre a Beira Rio e a Avenida Epitácio Pessoa.

Sem contato. Desde segunda-feira, a reportagem solicitou explicações à Seinfra e, sem sucesso, tentou falar com o secretário Cássio Andrade. A assessoria de imprensa disse que a demanda foi encaminhada a ao gestor.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas