quinta, 13 de dezembro de 2018
Trânsito
Compartilhar:

Nova Beira-Rio é entregue em João Pessoa com modelo de sustentabilidade

Amanda Gabriel / 04 de setembro de 2018
Foto: Nalva Figueiredo
A revitalização da Avenida Beira-Rio, em João Pessoa, foi entregue nessa segunda-feira (3) trazendo como conceito a valorização de modelos mais sustentáveis de se locomover. Uma das principais novidades é a ligação entre praia e Centro por ciclovia, além do acesso direto com a Avenida Epitácio Pessoa.

Segundo o superintendente de Mobilidade Urbana (Semob), Adalberto Araújo, esta segunda funcionalidade já inspira novos projetos. Ele confirmou ao CORREIO que existe intenção de ligar a Beira-Rio a mais três avenidas, entre elas a Tancredo Neves. Os outros dois corredores não foram divulgados.

“A nossa ideia é fazer conectividade com outros corredores e ampliar esse conceito de focar nas pessoas, nas mais variadas formas de locomoção. Os outros corredores também vão passar por uma requalificação. Estamos trabalhando especialmente na Tancredo Neves, que precisa de uma reforma mais urgente, porque lá já existe um fluxo de ciclistas e a gente precisa implementar uma ciclovia. Também já temos outros dois corredores em mente para esse projeto”, adiantou.

Os projetos estão em fase inicial. “Estamos fazendo levantamentos, contagem de volumes de ciclistas e de automóveis para que possamos propor uma requalificação adequada ao uso”, explicou Adalberto Araújo.

Segurança e iluminação

O prefeito Luciano Cartaxo anunciou que assina ainda nesta segunda-feira a ordem de serviço para implantação de iluminação em LED na Avenida Beira-Rio.

Luciano Cartaxo destacou que o fluxo de veículos na localidade tem aumentado nos últimos anos. No total, R$ 12,7 milhões foram investidos na obra.

De acordo com o prefeito, além da nova iluminação, a área terá monitoramento 24 horas, para garantir segurança à população.

Campanha

Agentes da Semob estarão na Avenida Beira-Rio pelos próximos 15 dias, no mínimo, para conscientizar motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres sobre as regras de trânsito. Neste período, a Superintendência de Mobilidade Urbana também vai monitorar o trânsito e avaliar a necessidade de ajustes. “A campanha educativa será intensa, principalmente no que diz respeito ao respeito às calçadas”, disse Adalberto Araújo.

Relacionadas