quarta, 27 de janeiro de 2021

Trânsito
Compartilhar:

Lei Seca autua 50 condutores no Estado durante o feriado de Carnaval

Lucilene Meireles com assessoria / 02 de março de 2017
Foto: Divulgação
O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), por meio das equipes da Operação Lei Seca, autuou 50 condutores por direção sob influência de álcool. Dois motoristas foram conduzidos à Delegacia de Polícia por embriaguez ao volante. Além das notificações, foram apreendidas 36 carteiras de habilitação e 24 veículos foram removidos ao pátio de custódia do Detran.

Ao todo, foram realizados 516 testes de bafômetro, durante todo o período carnavalesco na faixa litorânea e região metropolitana da capital. A Operação Carnaval promovida pelo Detran-PB em parceria do Batalhão de Trânsito (BPTran).

Perturbação

De sexta-feira até a terça-feira, a PM recebeu 1.036 chamados por conta de som alto. O Batalhão de Polícia Ambiental apreendeu 10 ‘paredões’ de som, com a prisão de suspeitos.

No município de Lucena, Litoral Norte, a perturbação do sossego terminou com a morte de Emanuel Victor, 20, conhecido como Vitinho’. A vítima era filho do ex-vereador Walter Pato, de Santa Rita. Ele foi morto na terça-feira à noite por ter reclamado do som alto do vizinho.

A Polícia Militar esteve no local para orientar os ‘barulhentos’. Quando os policiais saíram do local, um participante da festa foi até o rapaz e atirou várias vezes. O socorro chegou a ser acionado, mas ele morreu no local.

Relacionadas