terça, 25 de setembro de 2018
Trânsito
Compartilhar:

Batinga promete tirar Plano de Mobilidade Urbana de João Pessoa do papel

Nice Almeida / 06 de novembro de 2015
Foto: Nalva Figueiredo
O novo superintendente Executivo de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob), Carlos Batinga, garantiu: a promoção de melhorias no transporte público será prioridade para assegurar o desenvolvimento do setor na cidade. A linha de pensamento do superintende segue o viés da Lei 12.587, de 3 de janeiro de 2012, que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana, cuja determinação é que as cidades com mais de 20 mil habitantes tenham o plano com diretrizes definidas para a área. O prazo para a elaboração desse plano, contudo, segundo Batinga terminou em abril, mas a maioria das localidades não o concluiu e ele pretende tirar o projeto do papel.

"Nós vamos assumir agora a Semob e precisamos saber em que pé está esse plano de mobilidade. Até onde estou sabendo já foi aberta licitação e as empresas já estariam apresentando os projetos, mas ainda precisamos nos inteirar sobre isso para pode estabelecer metas nesse sentido. Porém, nenhum plano de mobilidade consegue ser feito em menos de um ano", afirmou Batinga.

Batinga foi anunciado nessa quinta-feira (05) como titular da pasta e revelou, nesta quarta (06), que irá entregar ao prefeito Luciano Cartaxo (PSD) um plano de metas para serem cumpridas a curto, médio e longo prazo.

"Vou sentar com a equipe hoje para definir metas. O transporte público e o pedestre serão prioridades. A curto prazo são metas para serem cumpridas em um ano. A médio prazo entre dois e cinco anos, mas também apresentaremos metas para o futuro da cidade que ultrapassam os cinco. Vamos envolver mais a equipe no sentido de orientar, mostrar regras e cobrar o cumprimento delas. Porque, na contramão do que tem sido feito no mundo, no Brasil se investiu no transporte individual do que o coletivo", afirmou Batinga.

 

Relacionadas