terça, 25 de junho de 2019
Cidades
Compartilhar:

Temperatura aumenta dois graus em João Pessoa

Bárbara Wanderley e Ainoã Geminiano / 13 de dezembro de 2017
Foto: Assuero Lima
Apesar de o verão só começar oficialmente no próximo dia 21, as temperaturas já estão aumentando na Paraíba. Em João Pessoa, os termômetros já chegam a 32°C, porém com sensação térmica é de 36ºC, em algumas regiões da cidade. A temperatura na Capital pode atingir 33ºC durante a estação, de acordo com meteorologista Marle Bandeira, da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa).

A temperatura é considerada normal para a cidade, mas é importante estar atento ao Índice Ultravioleta nos próximos dias, considerado extremo pelo Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTec) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). No Sertão paraibano, a temperatura máxima já é de 38ºC e pode chegar aos 40ºC durante o verão.

Marle Bandeira explicou que comparando com a agosto, o mês mais frio do ano, a temperatura mínima deve aumentar de 21°C para 25°C e a máxima de 30°C para 33°C, em João Pessoa. “Um dia ou outro poderá ficar mais quente, mas não temos grandes variações de temperatura. O verão só é mais quente quando tem El Niño, o que não é o caso este ano”, explicou Marle.

A sensação térmica, no entanto, pode ser maior dependendo da localização do indivíduo. “Vai depender muito de onde a pessoa está. No Centro da cidade, por exemplo, a sensação é de muito mais calor do que em um local mais arborizado, com muita vegetação”, disse a meteorologista. Segundo ela, o valor da sensação térmica precisa ser calculado a partir de vários dados, em uma fórmula específica, mas a média de diferença entre a temperatura e a sensação é de 4 graus.

Apesar do calor, João Pessoa tem a menor temperatura máxima entre as capitais do País, já que grande parte delas chega a registrar mais de 40°C nos dias mais quentes. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura mais alta já registrada na cidade foi de 35°C no dia 27 de novembro de 1979.

Relacionadas