terça, 12 de dezembro de 2017
Cidades
Compartilhar:

Sudema autoriza, Cehap desmata e árvores pagam a conta por construção de casas

Aline Martins / 28 de outubro de 2015
Foto: Nalva Figueiredo
Uma área de vegetação na Rua Maria Regina Martins, principal do conjunto Cidade Verde, em Mangabeira, João Pessoa, foi desmatada para construção de casas. Moradores não aceitam o argumento do Governo do Estado - a obra é da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap) - para suprimir parte da mata.

O local, que sempre foi cercado, foi desmatado de uma hora para outra. Placas indicam que a área não pode ser desmatada, conforme a Lei Federal 9.605, que trata de crimes ambientais. O morador Ney Robson, técnico de laboratório, ficou estarrecido. “Quando vim morar aqui, há uns 7 anos, havia uma sinalização de que era proibido construir ou desmatar a área. E sem nenhuma explicação a mata foi tirada. Era proibido e depois mudou”, reclamou.

Além das placas indicativas de que há uma licença da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) para a obra e também que é do Governo do Estado a execução dela, mais à frente há outra placa que indica que o local é o Horto Florestal Municipal do Cidade Verde, inaugurado em agosto de 2010, após críticas da comunidade por causa do desmatamento no local. Além disso, a área ainda sofre com a sujeira, até a carcaça de um carro está por lá.

Leia no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas