segunda, 20 de maio de 2019
Cidades
Compartilhar:

Semob registrou 103 mil ocorrências de janeiro a setembro em JP

Beto Pessoa / 30 de setembro de 2017
Foto: Rafael Passos
João Pessoa já registrou mais de 103 mil multas entre janeiro e setembro deste ano, segundo informações da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob). Das dez principais autuações, cinco são consideradas graves, quatro médias e uma delas gravíssima.

Entre o primeiro dia de janeiro e o dia 06 de setembro deste ano a principal infração que gerou multas foi transitar em velocidade até 20% superior à máxima permitida, considerada infração média. No total foram 55.923 ocorrências deste tipo.

A segunda maior infração foi estacionar o veículo em locais e horários proibidos. Foram 11.670 ocorrências, infração média, segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Estacionar o veículo no passeio, considerada grave, foi a terceira infração que mais gerou multas em João Pessoa: 11.075, seguido por transitar em velocidade entre 20% e 50% superior à máxima permitida, também considerada uma infração grave. No total foram 7.440 ocorrências deste tipo.

Infração gravíssima, avançar no sinal vermelho foi a 5ª irregularidade que mais gerou autuações até setembro deste ano, um total de 5.363. Outras infrações foram: parar sobre a faixa de pedestres na mudança de sinal luminoso (4.456 multas, considerada infração média); falta de uso de cinto de segurança (2.230, considerada infração grave);

O superintendente da Semob, Carlos Batinga, avalia que o número de multas ainda é menor que o das infrações. Uma dessas infrações altas e pouco autuadas, segundo Carlos Batinga, é dirigir veículo utilizando telefone celular, que gerou 2.170 multas no total. “O uso indevido de celular é somente a oitava no ranking das autuações, mas, através de pesquisas, sabemos que é a infração mais cometida”.

Orla tem maior incidência

  As regiões que registraram o maior número de autuações estão na zona leste. A Avenida Senador Ruy Carneiro, em Tambaú, próximo a subestação da Energisa, foi a que teve o maior número de multas: 7.184 no total. Em segundo lugar ficou a Avenida Edson Ramalho, em Manaíra, que registrou 6.655 multas este ano.

Dois trechos da Avenida Cabo Branco registraram, juntos, 7.553 autuações. Também foram registradas infrações nas avenidas Quatorze de Julho (3.169), Dois de Fevereiro (2.546), Fernando Luiz Henrique dos Santos (2.541), Flavio Ribeiro Coutinho (2.151), Maciel Pinheiro (1.938) e Esperança (1.894).

Relacionadas