quinta, 13 de maio de 2021

Cidades
Compartilhar:

Sem estacionamento, ‘nova Lagoa’ desagrada motoristas e Zona Azul pode ser ampliada

Bruna Vieira / 19 de setembro de 2015
Foto: Assuero Lima
Está mais difícil estacionar no Centro de João Pessoa. É que o projeto de revitalização do Parque Solon de Lucena não inclui área de estacionamento, pois não haverá trânsito no anel interno. É que foram suprimidas 180 vagas, mas a Secretaria de Planejamento do Município afirma que as vagas de Zona Azul serão ampliadas pela Semob nas avenidas adjacentes e de acesso à Lagoa para atender à população.

A Seplan informou que a Superintendência de Mobilidade está fazendo um levantamento de zona azul na área para fins de ampliação das vagas ofertadas. O superintendente da Semob, Roberto Pinto, confirmou que o estudo está sendo feito, mas não há prazo para conclusão, e ainda não se sabe onde e quantas vagas seriam ofertadas. “A questão de foco do projeto do Parque Solon de Lucena é devolver a área para utilização de pessoas e usufruto da cidade. Consequentemente gera demanda de deslocamentos para o parque”, disse.

“É muita dificuldade”

“Não tem onde pôr mais vaga por aqui. É muita dificuldade para estacionar, só não demora para encontrar vaga se o flanelinha ajudar. Mas, às vezes tem que deixar muito longe. Todo lugar no Centro é assim. Sem estacionamento, a gente vai ter que se virar para achar um local seguro onde deixar o carro”, disse o motorista Allyson Rodrigues.

A empresária Magali Borges mostrou aborrecimento ao saber da retirada do estacionamento.

“Preferia do jeito que estava antes. Antes da reforma era mais fácil, tinha mais vagas. Tenho que caminhar mais. Quem vier passear, não virá mais, não tem onde deixar o carro, não tem sombra. Carro faz parte da vida das pessoas, não adianta pensar só no pedestre. Essa foi a pior ideia de todas”, declarou .

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba

Relacionadas