domingo, 13 de junho de 2021

Seca
Compartilhar:

Chuva não chega em 21 açudes arrasados pela seca

Redação / 21 de abril de 2016
Foto: Arquivo
Algumas regiões como Litoral, Agreste e Brejo têm registrado um alto índice de chuva nas últimas semanas. Porém, algumas localidades paraibanas ainda estão sofrendo com a seca que arrasa açudes e plantações no Estado. Exemplo disso é que 21 açudes ainda se encontram completamente secos, conforme dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa).

Em outros onze reservatórios monitorados pela Agência pode-se dizer que há apenas uma gota d´água, já que apresentam percentuais de volume que não ultrapassam 0,7% do total da capacidade de acúmulo de água.

Atualmente, a Paraíba tem listado na Aesa 48 mananciais com menos de 5% de sua capacidade total estando entre os considerados em situação crítica. Outros 33 reservatórios estão sendo observados pela Agência por estarem com menos de 20%. Com mais de 20% da capacidade são 41 açudes.

Esperançosos estão os moradores de Cachoeira dos Índios e Mamanguape. Os municípios têm seus açudes, respectivamente Cachoeira da Vaca e jangada, sangrando, segundo monitoramento da Aesa.

Estão completamente secos os açudes:

Alogodão - Algodão de Jandaíra

Escondido - Belém de Brejo do Cruz

Tapera - Belém de Brejo do Cruz

Campos - Caraúbas

Boqueirão do Cais - Cuité

Gurjão - Gurjão

Carneiro - Jericó

Pocinhos - Monteiro

Serrote - Monteiro

Ouro Velho - Ouro Velho

Caraibeiras - Picuí

Milhã (Evaldo Gonçalves) - Puxinanã

Riacho dos Cavalos - Riacho dos Cavalos

Prata II - Prata

Serra Branca I - Serra Branca

Jenipapeiro - São José de Lagoa Tapada

São José IV - São José do Sabugi

São Mamede - São Mamede

Lagoa do Meio - Taperoá

Bastiana - Teixeira

Sabonete - Teixeira

Relacionadas