sábado, 12 de junho de 2021

Saúde
Compartilhar:

Sedentarismo machuca o coração: ‘Setembro Vermelho’ acaba, mas fica a prevenção

Júlio Silva / 30 de setembro de 2015
Foto: Divulgação
As principais causas de morte são o infarto e o acidente vascular cerebral (AVC). As doenças do coração são silenciosas, mas quando aparecem podem ter consequências graves. Por isso, é importante fazer exames periódicos, cuidar da alimentação e combater o sedentarismo.

E não importa a idade: se a criança de hoje não tiver uma dieta adequada, pode se tornar um hipertenso ou diabético, no futuro, e isso não é nada bom para o coração. Quem tem histórico de cardiopatia na família, o cuidado tem que ser redobrado. O ‘Setembro Vermelho’ termina hoje, mas a campanha para lembrar os riscos e a prevenção das doenças cardíacas deve durar o ano todo.

O cardiologista Helman Martins, médico cooperado da Unimed, explica os fatores que podem desencadear esses problemas. “O melhor caminho é controlando os fatores de risco, como o tabagismo, colesterol elevado, hipertensão arterial. Tem fatores que não são modificáveis, como a hereditariedade. As pessoas que têm antecedentes de doença cardiovascular na família devem ter cuidado adicional, prevenir, mudar o estilo de vida”, disse o médico.

Sem os devidos cuidados, os fatores de risco, a exemplo da obesidade, podem surgir já na infância, segundo Helman Martins.

Leia mais no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas