domingo, 18 de agosto de 2019
Saúde
Compartilhar:

Secretaria de Saúde de JP abre vacinação contra gripe para toda população

Ainoã Geminiano / 11 de junho de 2019
Foto: Assuero Lima
Alcançada a meta de vacinar 90% do público prioritário, a Secretaria de Saúde do Município (SMS) de João Pessoa abriu ontem a vacinação contra gripe para toda a população, disponibilizando as 30 mil doses que sobraram.

Somente nas primeiras duas horas de expediente, no Centro Municipal de Imunizações, no bairro da Torre atendeu, mais de 100 pessoas foram vacinadas e a expectativa da direção é que as doses disponíveis acabem antes do final de semana. A vacina é trivalente e imuniza contra a influenza A(H1N1 e H3N2) e influenza B.

O corretor Denílson Santos Silva foi um dos primeiros a procurar a vacina. “Minha mulher é lactante e já havia tomado a vacina. Como nós estamos com criança pequena em casa, acho que é importante eliminar toda possibilidade de doença que for possível. Eu já estava sabendo que poderia haver essa abertura para toda a população e assim que vi a notícia, no final de semana, me programei para vir cedo, porque não sabemos até quando vai ter vacina”, disse. Acompanhado da mulher e do filho, Denílson, foi ao Centro de Imunizações e completou a imunização da família.

O advogado Carlos Seixas levou o filho de 9 anos para aproveitar a oferta de vacina. “Eu vou viajar e vim aqui para tomar a vacina contra febre amarela. Fiquei sabendo da abertura e aproveitei pra trazer meu filho. É importante está protegido nesse período de tempo instável”, disse.

A vacina contra a gripe está disponível no Centro de Imunizações e também nos Postos de Saúde da Família (PSFs), além das policlínicas municipais da Capital. “A exclusividade de vacinação para os grupos prioritários, na primeira fase, era uma estratégia de criar uma barreira de imunização, porque essas pessoas tinham mais facilidade de contrair a doença e de espalhar para o restante da população. Como estamos vivendo um período sazonal da doença, essa barreira de pessoas imunizadas impede a ocorrência de epidemias”, explicou o chefe de Imunização da SMS, Fernando Virgolino.

Segundo Fernando, é falsa a informação de que a vacina provoca gripe nas pessoas. “Há esse boato, mas é mito, porque a vacina é feita com o vírus inativo e não tem pode de causar doença. A reação que pode acontece é apenas o músculo dolorido no local da aplicação, já que é uma vacina intramuscular”, acrescentou. A vacina é dose única e tem efeito por um ano.

Relacionadas