sexta, 15 de novembro de 2019
Saúde
Compartilhar:

Paraíba tem 11º caso de malária confirmado

Katiana Ramos e Halan Azevedo / 11 de junho de 2019
Foto: Divulgação
Mais um morador de Conde, Litoral Sul, teve o diagnóstico de malária confirmado na Paraíba. O homem, de 44 anos, foi atendido no Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, e é a 11ª vítima da doença, cujos casos têm sido registrados somente nesse município desde abril deste ano.

A assessoria de comunicação do HULW informou que o paciente de ontem teve ficar internado no hospital. Além dele, outras três pessoas continuam no local, também em tratamento da malária. O quadro de saúde de todos os pacientes internados é considerado estável.

Por meio da assessoria de comunicação, a Secretaria de Saúde do Conde informou que as ações de combate à malária continuam no município, com medidas como busca ativa de pacientes, testes rápidos e distribuição de repelentes.

H1N1

A Secretaria de Saúde da Paraíba (SES) está investigando um possível caso de infecção por H1N1 que teria sido registrado em um idoso de 60 anos, no município de Sousa, no Sertão. De acordo com a SES, o paciente está internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional da cidade.

Inicialmente, o idoso havia sido internado em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Sousa, mas devido à gravidade do estado de saúde foi transferido para o Hospital Regional no fim de semana.

Para confirmar a infecção por H1N1 foram realizados exames de sangue no idoso. A expectativa é de que o resultado seja obtido nos próximos dias.

PARAÍBA. Malária

Sintomas

Febre alta

Calafrios

Tremores

Sudorese

Dor de cabeça

Náuseas

Tremores

Vômitos

Cansaço

Falta de apetite

Medidas de prevenção coletiva

Borrifação intradomiciliar

Uso de mosquiteiros

Drenagem

Pequenas obras de saneamento para eliminação de criadouros do vetor

Aterro

Limpeza das margens dos criadouros

Modificação do fluxo da água

Controle da vegetação aquática

Melhoramento da moradia e das condições de trabalho

Uso racional da terra

Fonte: Ministério da Saúde/SES-PB

Relacionadas