terça, 22 de agosto de 2017
Saúde
Compartilhar:

Número de casos suspeitos de dengue sobe 25,1% em uma semana na Paraíba

Da redação com assessoria / 21 de março de 2016
Foto: Divulgação
O número de caso suspeitos de dengue entre os dias 1º de janeiro a 18 de março deste ano chegaram ao número de 14.593 na Paraíba, de acordo com boletim divulgado nesta segunda-feira (21) pela Secretaria de Estado de Saúde. Em relação ao último boletim, divulgado na semana passada, o número de casos subiu 25,1%, quando foram registrados 11.567 casos suspeitos. Em 2015, no mesmo período, foram registrados 2.401 casos suspeitos de dengue, evidenciando um acréscimo de 507,78%.

Ao todo, foram registrados 12 óbitos suspeitos de dengue, sendo um confirmado, um descartado e dez seguem em investigação. Segundo a Gerência Executiva de Vigilância em Saúde da SES, a investigação cursa com busca de informações domiciliares, ambulatoriais e hospitalais, conforme Protocolo do Ministério da Saúde.

Chikungunya

No mesmo período foram notificados 396 casos suspeitos de chikungunya. Ao todo, foram notificados também três óbitos suspeitos da doença nos municípios de Monteiro (1), São José do Umbuzeiro (1) e Santa Clara (1). Todos os óbitos seguem em investigação.

Zika

A Paraíba conta atualmente com três Unidades Sentinelas do Zika Vírus, implantadas em Bayeux, Campina Grande e Monteiro. No período deste boletim, foram notificados 527 casos suspeitos.

Situação Laboratorial

Em2016 foram analisadas pelo Lacen-PB 1.281 amostras sorológicas para dengue, destas, 207 foram reagentes, 1.018 não reagentes e 56 indeterminadas. Para os casos suspeitos por dengue, a Secretaria de Estado da Saúde pede que os municípios coletem amostras de pelo menos 10% dos casos, sendo NS1 do 1º ao 3º dia de sintomas e sorologia do 7º ao 28º dia. A SES ressalta que todas as amostras devem ser acondicionadas adequadamente para garantir a qualidade do material biológico.

Para todos os casos com sinais de alarme, graves e óbitos suspeitos de dengue, a SES recomenda a coleta oportuna e envio imediato ao Lacen-PB.

Quanto ao zika vírus, em 2015 foi detectada a doença aguda por este vírus nos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Olivedos e Cajazeiras. Já em 2016, exames laboratoriais comprovaram a circulação da doença nos municípios de Caldas Brandão, Pilões, Itabaiana e Campina Grande.

Relacionadas