terça, 01 de dezembro de 2020

Saúde
Compartilhar:

Hemocentro na luta por mais doadores de sangue

Rammom Monte / 26 de novembro de 2015
Foto: Arquivo
O mês de dezembro está chegando e com ele vêm as festas de fim de ano. Época de festejar e celebrar. Mas também é um bom momento para doar sangue. Quem afirma isto é a coordenadora de ações estratégicas do Hemocentro de João Pessoa, Divane Cabral. Segundo ela, é exatamente neste mês que a demanda de sangue aumenta e o estoque diminui. Divane faz um apelo para que a população se conscientize e, com o espírito natalino em dia, reservem um tempo para ajudar o próximo.

“Este mês de dezembro sempre dá muita baixa, por conta do período de festas, viagens. A gente faz um apelo para todo mundo que for festejar ou viajar, passe aqui no hemocentro antes e doe sangue. Iria ajudar bastante. Sangue é vida”, disse.

E ao que parece, a conscientização para a necessidade de doar sangue vem dando frutos. Segundo Divane, o ano de 2015 já registrou um aumento de três mil candidatos a doação, em relação ao ano passado. Mas nem tudo são flores. Apesar do aumento, a procura ainda é maior do que a oferta. Ainda de acordo com a coordenadora, o Hemocentro recebe diariamente de 150 a 200 doadores, mas o número ainda é baixo. Para ela, o número necessário é de pelo menos 250 doares por dia.

Nesta quarta-feira (25) teve início a Campanha Nacional de Doação de Sangue em todo o país. Em João Pessoa, o Hemocentro promoveu várias atividades durante o dia. A campanha vai até o sábado (28). Divane listou alguns requisitos necessários para quem deseja doar sangue. Veja abaixo:

- Ter mais de 50kg

-Ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de idade precisam estar acompanhados por um responsável legal)

- Estar bem alimentado

- Apresentar documento oficial com foto

Segundo Divane, quem atender aos requisitos acima pode se dirigir ao hemocentro para realizar a doação. Lá, o candidato a doador vai passar por triagens para saber se estará apto ou não para doar o sangue.

Relacionadas