sexta, 18 de setembro de 2020

Saúde
Compartilhar:

Golpe contra as boas ações: saiba como doar ao Laureano sem cair nas mãos de criminosos

Rammom Monte / 20 de abril de 2016
Foto: Divulgação
Referência no tratamento ao câncer na Paraíba, o Hospital Napoleão Laureano tem grande parte de sua renda oriunda das doações. Porém, como em todo lugar, há pessoas que se aproveitam da bondade alheia para aplicar golpes. Por conta disto, a direção do hospital orienta que há três opções para quem deseja ajudar a unidade de saúde: através do telemarketing (entrando em contato através do número 3015-6200); pela fatura da conta de energia; e indo diretamente à tesouraria do hospital. O diretor do hospital, Ivo Borges, disse que todas as situações são seguras.

“Nós temos as três opções para quem quer doar. Pelo telemarketing, o doador afirma a quantia que quer doar e um motoboy nosso vai até sua casa pegar o dinheiro com um recibo em mãos. Este dinheiro será entregue à tesouraria do hospital. Há também a opção pelo convênio do hospital com a Energisa. O usuário entra em contato com a Energisa, afirma qual valor que pagar mensalmente, e esta quantia será cobrada em suas tarifas de energia. E a outra opção é se dirigir diretamente à tesouraria do hospital e fazer a doação e receber o recibo”, afirmou.

O diretor falou ainda sobre as doações de materiais, como fraldas, lençol, alimentos, entre outros. Segundo ele, quem quiser fazer este tipo de ação, basta se dirigir à Central de Doações que fica no próprio hospital e fazer sua doação. Ele explica que todo procedimento é registrado para que não haja fraudes.

Abusando da boa vontade

Um homem de 52 anos foi preso nesta terça-feira (19) suspeito de fazer uma campanha falsa de doações em nome do Hospital Napoleão Laureano. De acordo com a polícia, a ação estava sendo divulgada em redes sociais, solicitando que valores fossem repassados a uma conta poupança da Caixa Econômica Federal, que não pertence ao hospital.

Com a confirmação da fraude, a polícia monitorou a residência do suspeito durante todo o dia de ontem, conseguindo localizá-lo e prendê-lo em flagrante por volta das 19h. O suspeito confirmou ter feito a campanha de doações e que não repassou nenhum valor para o hospital Napoleão Laureano, sem informar quanto teria sido arrecadado. Ele foi preso em flagrante pelo crime de estelionato e aguardará na Central de Polícia o encaminhamento à audiência de custódia.

Para evitar fraudes

De acordo com o diretor do hospital, a fraude foi constatada por um funcionário do hospital, responsável pelas redes sociais da unidade de saúde. Segundo Ivo Borges, além de fazer as postagens do hospital, o funcionário também fiscaliza o que está sendo dito em nome do Napoleão Laureano, para constatar possíveis fraudes.

Relacionadas