domingo, 19 de novembro de 2017
Saúde
Compartilhar:

Capacidade de se moldar aos hábitos humanos faz Aedes causar muitos estragos

Renata Fabrício / 09 de abril de 2016
Foto: Divulgação
Um inseto pequeno, mas com hábitos ‘inteligentes’. Até algum tempo atrás o Aedes aegypti tinha preferências bem específicas. Hoje, o principal transmissor da zika, dengue e chikungunya já conseguiu se adaptar a algumas situações. Um exemplo disso é o local onde nascem os ovos. Antes, era só em água limpa, agora já se desenvolve em poças, utilizadas somente por muriçocas. A preocupação de pesquisadores é conseguir diminuir a resistência dos ovos do mosquito, que atualmente duram até 15 meses, em climas secos.

O consultor em saúde pública e biólogo especialista em insetos vetores, Fábio Medeiros, explica que o ambiente preferido do mosquito adulto é um local escuro e úmido. “Em geral, ele se esconde atrás de móveis, debaixo de camas. Às vezes a casa oferece outras condições com umidade, como vegetação, mata, entulho”, explica.

Segundo a especialista, a espécie surgiu há milhões de anos, mas conseguiu se povoar. “Teve origem no Egito, como o nome sugere. Acredita-se que a dispersão dos mosquitos para as Américas tenha ocorrido no tráfico de escravos”, disse.

 

Leia Mais

Relacionadas