segunda, 24 de junho de 2019
Saúde
Compartilhar:

Câncer de próstata já atingiu 222 apenas este ano

Bárbara Wanderley / 09 de novembro de 2017
Foto: Divulgação
O câncer de próstata é a neoplasia que mais mata homens na Paraíba. No ano passado foram 324 vítimas e este ano, de janeiro a outubro, 222, segundo dados da Secretaria do Estado de Saúde (SES- -PB). No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não- -melanoma). Quando diagnosticada precocemente a doença pode ser totalmente curada através de cirurgia para a remoção da próstata.

Quando a doença evolui, no entanto, é comum que apareçam metástases, principalmente ósseas e nesse caso não há possibilidade de cura, apenas tratamento paliativo para aumentar a sobrevida do paciente, conforme explicou o urologista Osório Abath. Por isso a importância do diagnóstico precoce, destacada todos os anos pela campanha Novembro Azul. Na fase inicial não há sintomas. Quando o paciente começa ter problemas, como dificuldade de urinar e dor nos ossos, é porque a doença já atingiu um estágio avançado. Dessa forma, mesmo que não sinta nada, é importante que o homem se submeta a exames anuais a partir dos 45 anos, ou dos 40 se houver histórico familiar.

O urologista Osório Abath explicou que a próstata é hormônio-dependente. “Ela é estimulada pela testosterona. Se houver aumento dos hormônios femininos, a próstata cresce num tumor benigno, a hipertrofia prostática, doença de que, segundo dizem, o presidente foi operado. Se houver um excesso de hormônio masculino há uma tendência a formação do câncer da próstata”. Sem tratamento, o tumor cresce, ocupa a próstata, obstrui a saída da urina, e dissemina-se pelos ossos, pulmões e cérebro. A incidência é maior a partir dos 40 e vai aumentando com a idade, principalmente se houver histórico familiar. O tumor pode ser de evolução lenta ou rápida. “Tem uns que demoram anos para evoluir e uns que podem matar o paciente em dois anos. Não temos exame que nos diga como será”, disse Osório Abath, acrescentando que quanto mais cedo o problema se manifesta maior a chance de evolução rápida.

A próstata

É uma glândula do aparelho genital masculino. A finalidade dela é dilui os espermatozóides que são produzidos no testículo, guardados no epidídimo e encaminhados para a próstata, onde se misturam com o líquido prostático para formar o esperma. A glândula tem também uma função mecânica, que fecha o aparelho urinário durante a ereção.

Relacionadas