sábado, 26 de maio de 2018
Saúde
Compartilhar:

Campanha Novembro Azul no Sistema Correio de Comunicação

Bruna Vieira / 05 de novembro de 2015
Foto: Assuero Lima
Ontem, o Sistema Correio de Comunicação promoveu atividades referentes ao Novembro Azul para os seus funcionários. Profissionais de saúde prestaram orientações quanto à saúde do homem e o câncer de próstata, que já matou 223 homens este ano na Paraíba.

Os colaboradores puderam medir pressão, massa e altura e receber dicas de como melhorar a alimentação, que tem relação direta com o bem estar, além de ginástica laboral.

O câncer de próstata é uma doença silenciosa, quando os sintomas aparecem, o tumor já está de um tamanho considerável. O estudante de fisioterapia, Alexandre Barbalho, explicou que o machismo atrapalha. “O homem se cuida menos que as mulheres. Na cultura machista, ele não pode demonstrar fraqueza. Os programas de conscientização são importantes porque o homem tem vergonha de fazer o exame, só procura médico quando vê que é grave”, afirmou.

A assistente de Marketing e produção de eventos, Elisângela Maciel, explicou a importância da ação. “O sistema vem desenvolvendo esse trabalho visando o bem-estar do seu colaborador, que tem rendimento melhor quando está com saúde. É um incentivo ao cuidado no dia a dia”.

Orientação profissional

Para a enfermeira Kirlene Chianca, o receio do exame é por falta de conhecimento de como ele é realizado. “O homem só procura melhorar a saúde quando a doença já está instalada, diz que não tem tempo de ir ao posto. Ações nas empresas trazem os profissionais até eles. Se a pressão estiver alta, ele já será orientado a procurar um cardiologista por exemplo”, informou.

Lavoisiana Lacerda, nutricionista, apontou a relação da alimentação com o câncer.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas