terça, 19 de janeiro de 2021

Saúde
Compartilhar:

Campanha Dezembro Vermelho começa nesta sexta-feira e visa combater o HIV/Aids

Bárbara Wanderley / 01 de dezembro de 2017
Foto: Divulgação
Hoje é o Dia Mundial de Luta contra a Aids e durante todo o mês a prevenção da doença será lembrada através da campanha Dezembro Vermelho. Além de conscientizar a população, a data e a campanha também servem para combater o preconceito.

Em 2017 já foram registrados 276 novos casos de Aids. Em 2016, foram 378 casos e, em 2015, foram 460. Quatro pessoas morreram com a doença este ano. Em 2016, foram três mortes e em 2015 foram 14. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

A SES inicia hoje a campanha com o tema ‘O que os olhos não veem, a saúde sente: HIV não tem cara, não tem cura, tem tratamento e prevenção’.

Estão programadas palestras, distribuição de material informativo e de preservativos, oferta de teste rápido de HIV em locais de grande circulação de pessoas, e encaminhamento para atendimento em serviços de referência.

“A Aids é uma doença que ainda não tem cura. A prevenção é o melhor remédio e, infelizmente, a população em geral esquece de se prevenir. A cada ano que passa, aumenta o número de jovens com HIV/Aids e, diferente do que muitos pensam, a doença ainda mata na Paraíba. Até então, somente este ano, tivemos uma média de 120 óbitos no Estado”, informou a gerente operacional das IST/Aids e Hepatites Virais da SES, Ivoneide Lucena.

Programação hoje. Na Capital, haverá distribuição de material educativo e preservativos e realização de testes rápidos no Detran-PB, em Mangabeira, das 8h às 11h, e no Complexo Hospitalar Clementino Fraga, referência no tratamento de HIV/Aids na Paraíba, a partir das 7h.

Às 9h, o Complexo de Doenças Infecto-Contagiosas Clementino Fraga terá uma palestra na sala de espera dos consultórios médicos sobre como prevenir IST/HIV/Aids, com a professora Rosa Maria Carvalho e aluno de uma escola de enfermagem local. A partir das 13h, os usuários terão acesso a outra palestra na sala de espera, ministrada pela professora Maria Luiza Vieira da Silva.

O médico infectologista Fernando Chagas também deverá proferir palestras e orientações sobre o tema. A ‘Cia da Saúde e do Sorriso’ do Clementino Fraga também levará toda sua irreverência ao evento. Um cardápio especial será preparado para os usuários do hospital que será servido no lanche da tarde.

Mais ações. Amanhã, a partir das 8h, um veículo estará no Parque da Lagoa, com o ‘Laço Itinerante’, representando o ‘Dezembro Vermelho’, mês de luta contra a Aids. As equipes também devem distribuir materiais educativos e preservativos. Já no domingo, o ‘Laço Itinerante’ e as equipes do CHCF estarão, a partir das 7h, no Busto de Tamandaré.

A programação continua na segunda e terça-feira no Clementino Fraga, com as ações de distribuição de preservativos, informativos e oferta de testes rápidos.

Na terça-feira, no auditório do Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor-PB), das 8h às 16h30, acontece o I Encontro de CTAS E SAES da Paraíba: Fortalecendo a Rede de Cuidados para pessoas com HIV/Aids e Tuberculose. Participam representantes de 29 municípios paraibanos prioritários para sífilis, HIV/Aids e Hepatites Virais.

 

Relacionadas