quarta, 26 de junho de 2019
Saúde
Compartilhar:

Boa alimentação e acompanhamento médico são importantes para evitar volta do câncer

Katiana Ramos com assessoria / 24 de outubro de 2017
Foto: Rafael Passos
Em tratamento contra o câncer de mama há quase um ano, Maria Fernanda Ferreira foi orientada desde o início do diagnóstico a manter uma alimentação balanceada, além do acompanhamento médico, para uma boa recuperação e cura da doença. Esses são os principais fatores lembrados pelos oncologistas também diminuir a reincidência do cânacer.

“Quanto uma paciente é operada de câncer de mama localizado, o intuito é a cura da doença. Só que por conta do risco que tem de alguma célula ter saído do tumor e atingido outras partes do corpo é feito um tratamento complementar com radioterapia e sistêmico, com quimioterapia, terapia hormonal e terapias alvo. Esses tratamentos é para proporcionar uma chance maior de a mulher ser curada, após a cirurgia. Aliado a isso, nós temos as orientações da paciente manter o peso adequado e ainda atividade física, dentro das condições dela”, explicou o diretor médico do Instituto Oncoguia e oncologista do Hospital Albert Einstein (SP), Rafael Kaliks.

No caso de Fernanda Ferreira, estão proibidos alimentos industrializados (refrigerantes, enlatados) e massas. “Desde o começo eu fui orientada pela médica a ter uma alimentação mais saudável, com salada, frutas, sucos e também a tirar a massa. Eu acho que me ajuda muito essa parte da alimentação mais natural também”, reforçou a professora de 39 anos.

Outro fator importante para as pacientes que estão na luta contra o câncer e, sobretudo a recidiva da doença, é o exercício físico. E os aeróbicos são os mais indicados pelos médicos. O oncologista Rafael Kaliks lembra que há pesquisas que comprovam que o excesso de peso aumenta as chances do reaparecimento do câncer.

Leia Mais

Relacionadas