sexta, 22 de janeiro de 2021

Saúde
Compartilhar:

Alergia ao glúten causa até anemia e pode levar a osteoporose e câncer

Lílian Moraes / 17 de dezembro de 2016
Alergias de pele? Dor de estômago? Depressão? Emagrecimento? Anemia? Esses são alguns dos sintomas da doença celíaca, distúrbio genético que prejudica o funcionamento do intestino delgado e a absorção de nutrientes. No Brasil, estima-se que uma em cada 600 pessoas seja celíaca. A informação é da da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

Os celíacos têm intolerância ao glúten, proteína presente no trigo, no centeio, na aveia, no malte e na cevada. O glúten contém uma substância tóxica chamada gliadina, que desencadeia os sintomas em quem já nasce com uma predisposição genética ao distúrbio. Isso significa que cerveja gelada, pão quentinho, pizza, bolo de chocolate estão totalmente proibidas do cardápio.

De acordo com a nutricionista Cláudia Oliveira só o exame de sangue específico constata a intolerância ao glúten que depois, é confirmada por biópsia. O paciente é submetido a uma endoscopia e, com uma pinça, o médico retira fragmentos do intestino delgado. Se nesses fragmentos forem encontradas alterações que impeçam a absorção de nutrientes, o glúten deve ser evitado. Ele alerta que se o celíaco não evite alimentos com a substância, poderá sofrer desde desconfortos gastrintestinais até doenças graves, como osteoporose e até câncer de intestino.

Processo da alergia

Mas como acontece a alergia ao glúten? Segundo o especialista, sempre que a proteína é ingerida, o organismo reage com vermelhidões na pele, gases, dores de estômago, diarréia, vômitos e, em alguns casos com impossibilidade de respirar (edema de glote.

O glúten não é um nutriente essencial para a saúde. Os consumidores podem muito bem viver sem ele, resistindo a alguns prazeres, a exemplo da cerveja.

Os alimentos sem glúten saem muito mais caro para o orçamento. Exemplo é um pacote de macarrão sem glúten que chega a custar até  50% mais caro que o produto convencional. Esse é um mercado em expansão. Nos Estados Unidos, produtos livres de glúten movimentavam cerca de US$ 200 milhões no começo da década. A estimativa para 2010 é que as vendas alcancem US$ 1,7 bilhão.

Mas afinal de contas o que a doença celíaca? Segundo o médico, é uma doença do intestino delgado, com maior ou menor atrofia das vilosidades da mucosa, causando prejuízo na absorção dos nutrientes, vitaminas, sais minerais e água.

Quando a mucosa sofre agressões de tipos variados, ocorre um achatamento das dobras e uma diminuição da digestão e da absorção, resultando em diarréia crônica e suas repercussões: emagrecimento, distensão abdominal, inchaço das pernas e outros sinais de desnutrição protéico-calórica. Poderão acontecer deficiências no desenvolvimento da criança e mau estado de saúde geral no adulto.

Se a doença começa após a introdução de alguns cereais - aveia, cevada, centeio ou trigo - na alimentação da criança, o indicado é consultar um pediátrica.

O diagnóstico tem sido feito entre os adultos com diarréia há mais de três ou quatro semanas. Aceita-se que a doença pode permanecer latente ou com sintomas mínimos e ocasionais durante longos períodos da vida.

Os cereais que contêm glúten têm gliadina - uma fração protéica - que é a responsável pelo dano na mucosa intestinal. As causas, entre outras em estudo, poderiam ser: predisposição genética, falta de enzima digestiva e formação de anticorpos.

Alguns sintomas

*Diarreia, com ou sem gotas de gordura;

*Distensãoabdominal por gases, cólicas, náuseas e vômitos;

* Dificuldade de adquirir peso e facilidade para perdê-lo;

*Fraqueza geral;

*Oscilação do humor,

*Anemia por deficiente absorção do ferro e da Vitamina B 12;

*Alterações do ciclo menstrual;

*Inchaço dos membros inferiores;

Receitas

Bifes de frango com tomate e hortelã

Ingredientes

500g bifes de frango

2 dentes d’alho gluten free

1 c.sobremesa pimentão-doce

3 c.sopa leite

300g tomate maduro

hortelã fresca

sal e azeite

Modo de preparo

Comece por temperar os bifes com o alho picado, sal, pimentão e leite, deixe marinar umas horas.

Numa frigideira deite um fio de azeite e aloure os bifes de ambos os lados. Enquanto a carne cozinha lave e corte o tomate em cubos, e pique a hortelã. Assim que os bifes estiverem prontos, reduza o lume e junte os cubos de tomate e a hortelã, deixe que os sabores se envolvam por cerca de 1-2minutos e sirva.

Estrogonofe sem glúten

Ingredientes

1,2Kg de filé mignon cortado em tirinhas ou quadradinhos,

1 cebola picadinha,

1 col de sopa de manteiga Ghee,

1 litro de leite de amêndoas,

1 col de sopa de amido de milho,

200gr de molho de tomate,

200gr de catchup (normalmente eu coloco mais molho de tomate, mas minha sogra gosta com bastante catchup, então fizemos dessa maneira),

1 1/2 xic de champignon fatiado,

1 col de sopa de shoyo,

1 col de sopa de molho inglês,

sal a gosto,

1 col de café de noz-moscada.

Modo de Preparo:

Refogue a cebola na manteiga. Aos poucos coloque as carnes. Se juntar água, retire e reserve.

Frite bem as carnes.

Misture o amido de milho no leite vegetal e acrescente todos os ingredientes na panela com a carne.

Deixe ferver e sirva.

Espaguete de legumes

Ingredientes

1 abobrinha média para grande

1 cenoura média

1/2 pimentão amarelo ou vermelho picadinho

3 dentes de alho esmagados

Azeite, sal e pimenta à gosto

Modo de preparo

Lave bem a abobrinha e a cenoura. Descasque a cenoura e mantenha a abobrinha com casca.

Com seu espiralizador de legumes, corte tanto a abobrinha quanto a cenoura. O resultado vai ser um espaguete longo de vegetais. Se não tiver o espiralizador, pode usar um ralador e ralar os vegetais no sentido do comprimento. Tem um descascador de legumes dos mais simples, que tem a lâmina, esse raladorzinho e um boleador de frutas. Esse ralador funciona bem pra essa receita!

Em uma frigideira grande, doure o alho e o pimentão.

Quando o alho estiver dourado e o pimentão mais molinho, acrescente a cenoura e refogue por cerca de 4 minutos.

Acrescente a abobrinha e desligue o fogo 2 minutos depois. Caso sinta necessidade de acrescentar um pouquinho de água no processo, pra não queimar/grudar, pode fazer.

Por fim, tempere seu espaguete com sal e pimenta à gosto.

Caso prefira servir com molho, pode dar um susto no espaguete jogando ele numa panela com água fervente e sal, se não servir cru.

Bolo de Maçã e canela

Ingredientes:

240g de farinha sem glúten (eu como não tinha usei integral)

1/2 colher de chá de fermento

1 colher de chá de canela

1/2 colher de chá de sal fino

475ml de puré de maçã cozida

120ml de xarope de beterraba/mel ou outro adoçante que goste.

80ml de leite

75 g de arandos secos

Modo de preparao

Pré aqueça o forno a 180º.

Junte a farinha com o fermento numa taça, adicione o sal, a canela e misture tudo com as mãos. Depois de bem misturado, abra um buraco no meio da massa (onde mais tarde vai colocar os ingredientes líquidos) e reserve.

Pizza de frango

1 peito de frango moído

Sal e pimenta a gosto

Azeite e alguma farinha para untar e polvilhar a fôrma (usei farinha de coco)

5 colheres de sopa de molho de tomate

200g de queijo muçarela (use o que quiser/puder: light, sem lactose, ou como eu, o gordinho mesmo)

Tomates em rodelas

Orégano a gosto

Unte e enfarinhe uma fôrma redonda média

Tempere o frango com sal e pimenta e espalhe sobre toda a fôrma

Leve ao forno preaquecido a 180 graus até começar a dourar

Espalhe o molho de tomate, cubra com o queijo, o tomate e orégano

Regue com um fio de azeite e leve ao forno até o queijo derreter

Bolo de chocolate e polvilho

Ingredientes:

6 ovos

6 colheres de margarina

8 colheres de açúcar

6 colheres de chocolate em pó ou cacau em pó

1 colher de fermento

1 xícara de polvilho doce

1 pacote de coco ralado

Modo de preparo

Junte os ingredientes no liquidificador, menos o coco ralado, deixe liquidificar por 5 minutos, depois acrescente o coco ralado. Coloque em uma forma untada com óleo e leve ao forno preaquecido por 30 minutos ou até você observar se está bom.

Para o recheio: Pegue uma lata de creme de leite, chocolate a gosto e uma colher de açúcar; leve ao fogo, mexa por 10 minutos e jogue em cima do bolo.

Relacionadas