quinta, 04 de março de 2021

Saúde
Compartilhar:

Agora é lei: gestantes vão ser acompanhadas por doulas nas maternidades de João Pessoa

Redação com Secom-JP / 03 de novembro de 2015
Foto: Nalva Figueiredo
O Projeto de Lei Ordinária que prevê a atuação de doulas nas maternidades de João Pessoa será sancionado nesta quarta-feira (04) pelo prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Com a sanção, ficará permitido o trabalho dessas acompanhantes durante a gestação e o pós-parto das gestantes. O ato será realizado a partir das 9h30 no Instituto Cândida Vargas, no bairro de Jaguaribe.

“A humanização do parto é uma de nossas bandeiras e isso exige uma série de políticas eficazes. Esse projeto regulariza um serviço que leva apoio físico e emocional às mães, garantindo conforto em momento onde isso é realmente necessário”, destacou o prefeito.

As doulas são profissionais escolhidas livremente pelas gestantes e parturiantes, e têm como função prestar suporte contínuo, sem relação com os procedimentos médicos, clínicos e fisioterapêuticos. O serviço é qualificado pela Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) e os atuantes devem ter certificação ocupacional para a finalidade.

“A doula não é uma profissional, mas qualquer mulher que queira dar apoio a outras mulheres de forma voluntária no período de gestação e que tenha se capacitado para isso”, destacou a secretária adjunta de Políticas Públicas para as Mulheres, Adriana Urquiza. “Essa presença traz alívio às gestantes e chega a reduzir a duração do parto e a dispensar o uso de métodos farmacológicos”, ressaltou.

Por meio da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPPM), a Prefeitura de João Pessoa já disponibiliza cursos de formação para doulas, estando em andamento a capacitação da quarta turma. O curso dura cerca de um ano e as alunas realizam fase prática no Instituto Cândida Vargas.

Relacionadas