quarta, 26 de junho de 2019
Saúde
Compartilhar:

Agentes de Saúde de João Pessoa protestam e podem parar

Mislene Santos e Alexandre Freire / 16 de maio de 2017
Foto: Alexandre Freire
Os agentes de saúde João Pessoa realizam um protesto na manhã desta terça-feira (16), em frente à Câmara Municipal de João Pessoa, na tentativa de sensibilizar o prefeito Luciano Cartaxo (PSD) para recebê-los em uma audiência. O objetivo do encontro seria o de tratar sobre o piso salarial da categoria. A insatisfação pode gerar  paralisação das atividades dos agentes na Capital.

DEIXE SEU COMENTÁRIO NO FINAL DA MATÉRIA

“Essas manifestações vão tomando proporções maiores e vamos desencadear uma paralisação geral”, adiantou o presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde de João Pessoa, Junio Leandro.

“Antes desse prefeito assumir, a gente tinha um salário maior do que o que recebemos hoje. Quando fizemos o concurso em 2007 o edital dizia que a atividade de agente de saúde em João Pessoa era salário base mais gratificação.  Em 2014 quando o prefeito se viu obrigado a pagar o piso nacional encaminhou um  Media Provisória para a Câmara, que foi prontamente aprovada pelos seus aliados, e retirou a nossa gratificação que era prevista em lei”, reclamou  Junio Leandro.

Ele disse ainda que os assessores e os secretários do prefeito já marcaram reuniões com a categoria por cinco vezes, mas que sempre é desmarcada. “Toda vez que a gente tenta fazer uma mobilização para falar com o prefeito eles marcam essa audiência, a gente desmobiliza e eles desmarcam alegando que o prefeito não está na Capital", comentou o sindicalista.

Junio Leandro adiantou que essa semana a categoria vai levar a situação ao conhecimento do Ministério Público do Trabalho (MPT). “Levaremos uma comissão de vereadores a até o MPT e fazemos uma denúncia sobre essa situação que está prevista em lei e a gestão não está cumprindo”, afirmou o representante da categoria.

Relacionadas