quarta, 25 de novembro de 2020

Cidades
Compartilhar:

Rombo de R$ 3 trilhões é a previsão para a Previdência Social

Da Redação / 18 de novembro de 2015
Foto: Rafael Passos
“A Previdência cumpre um papel de bem-estar social e é necessário aperfeiçoá-la e não extinguir direitos”, afirmou o secretário especial da Previdência Social, Carlos Gabas, durante a série “Diálogo Público”, realizada pelo Tribunal de Contas da União, que debateu, ontem, a sustentabilidade dos Regimes Previdenciários no Brasil.

Gabas ressaltou que previdência é um tema sensível e que os benefícios geram uma série de impactos na sociedade e na economia. “Falar em alterar regras cria enorme apreensão. Ajustes são necessários e fundamentais para a sustentabilidade do sistema. Mas é preciso ser racional e ter critérios”, disse.

O tribunal calcula que o Regime Geral de Previdência Social possa chegar a 2050 com déficit de cerca de R$ 3 trilhões.

O secretário ressaltou a necessidade de reorganização do sistema: “É preciso fazer isso com diálogo e de forma equilibrada.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas