quinta, 27 de junho de 2019
Cidades
Compartilhar:

República da desordem: uma das ruas mais antigas da Capital sofre com abandono

Aline Martins / 18 de agosto de 2015
Foto: Assuero Lima
Carros de passeio estacionados em cima de calçadas ou em vagas destinadas a veículos de carga e descarga, móveis sendo consertados no espaço que seria para pedestres e pisos de passeios públicos e da via quebrados e afundando. É assim que está a Rua da República, uma das vias mais antigas do Centro de João Pessoa.

Quem trabalha no local afirma que não há fiscalização da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) e da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb).

A denúncia foi feita por telefone por um leitor do Jornal Correio da Paraíba e confirmada pela reportagem que foi ao local.

“Aqui, não tem nenhum tipo de fiscalização, nem Semob, nem Sedurb. Ela está entregue às baratas. Muitas vezes, os pedestres não têm por onde passar e tem que ir para o meio da rua. O asfalto está afundando e os poderes públicos não fazem nada. Nós pagamos impostos dos estabelecimentos e nada fazem”, reclamou o comerciante, pedindo para não ser identificado para não ser mal visto pelos colegas que usam o espaço inadequadamente.

Fiscalização

Tanto a Sedurb quanto a Semob informaram que fiscalizam constantemente a Rua da República. Segundo o Desenvolvimento Urbano, que informou por meio da assessoria de imprensa, que o comerciante que colocar mercadorias nas calçadas será notificado e os produtos apreendidos. Já o superintendente da Semob, Roberto Pinto, frisou que equipes de fiscalização visitam várias ruas da cidade, inclusive a da República, para averiguar possíveis infrações e pede que a população denuncie.

Leia a reportagem completa no Jornal Correio da Paraíba

Relacionadas