quarta, 02 de dezembro de 2020

Cidades
Compartilhar:

Quase metade dos estudantes do 9º ano já experimentou bebida alcoólica na PB

Rammom Monte com assessoria / 26 de agosto de 2016
Foto: Divulgação
Quase metade (48,2%) dos alunos que frequentavam o 9º ano do ensino fundamental na Paraíba em 2015 já experimentaram bebida alcoólica pelo menos uma vez na vida. É o que aponta Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2015, divulgada nesta sexta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

E são as mulheres que estão bebendo mais. A pesquisa apontou que 49% das entrevistadas afirmou já ter experimentado algum tipo de bebida alcoólica. Em relação aos adolescentes do sexo masculino, estes números caem para 47,5%. Do total de entrevistados, 18,6% afirmaram ter bebido pelo menos uma vez nos 30 dias que antecederam a pesquisa.

Uso de drogas ilícitas

Quase 7% (6,8%) dos alunos que frequentam o 9º ano do ensino fundamental na Paraíba em 2015 afirmaram já ter experimentado alguma droga ilícita pelo menos uma vez na vida. Se for considerado apenas o universo masculino, 8% dos alunos já experimentaram algum tipo de droga ilícita. Em relação às mulheres, este número cai para 5,8%. Outro número que chama a atenção é em relação aos tipos de escolas. Em 2015, 7,1% dos estudantes do 9º ano do ensino fundamental das escolas públicas afirmaram já ter experimentado algum tipo de droga ilícita. Nas privadas, o percentual cai para 5,4%.

Do total de alunos que afirmaram já ter experimentado algum tipo de droga ilícita alguma vez, 38,7% afirmaram ter fumado maconha. No universo masculino, este número representa 45,4% do total. Já 31% das mulheres disseram já ter experimentado maconha.

ibge_estudantes

Uso de tabaco

A pesquisa levantou também os dados sobre o cigarro. Do total de adolescentes entrevistados, 15,3% afirmaram já ter experimentado o uso do tabaco alguma vez na vida. Dos homens, 16,6% afirmaram já ter fumado, contra 14,3% das mulheres.

Em todo o Brasil, dos cerca de 2,6 milhões de estudantes que cursavam o 9º ano do ensino fundamental em 2015, 55,5% (1,5 milhão) já havia consumido uma dose de bebida alcoólica alguma vez, percentual superior ao observado em 2012 (50,3% ou 1,6 milhão). A proporção dos que já experimentaram drogas ilícitas subiu de 7,3% (230,2 mil) para 9,0% (236,8 mil) no mesmo período. Em relação ao consumo atual de álcool e drogas ilícitas, respectivamente, 23,8% (626,1 mil) e 4,2% (110,5 mil) dos estudantes tinham feito uso dessas substâncias nos últimos 30 dias antes da pesquisa. Já o percentual de estudantes que já haviam experimentado cigarro caiu de 19,6% em 2012 para 18,4% em 2015.

A maior parte dos estudantes brasileiros (88,6%) tinha idade entre 13 e 15 anos, sendo que 51,0% tinham 14 anos. Os meninos representaram 48,7% (1,28 milhão) e as meninas, 51,3% (1,35 milhão) da amostra. A rede pública de ensino concentrou 85,5% (2,3 milhões) dos estudantes, enquanto 14,5% (380,4 mil) estudavam na rede privada.

Relacionadas