domingo, 18 de agosto de 2019
Cidades
Compartilhar:

População se arrisca em travessia localizada na PB-004

Katiana Ramos / 19 de junho de 2019
Foto: Nalva Figueiredo
Um dos rescaldos das últimas chuvas que atingiram João Pessoa e municípios vizinhos foi a queda de parte da ponte que passa sobre o Rio Preto, na divisa entre os municípios de Santa Rita e Cruz do Espírito Santo, na Zona da Mata paraibana, localizada na PB-004. Mesmo com o risco de acidentes, as pessoas que precisam transitar no trecho ignoram a situação e atravessam sobre uma passarela de madeira improvisada.

A dona de casa Deusicruz mora na parte do município de Cruz do Espírito Santo. No entanto, utiliza alguns serviços no comércio de Santa Rita e, mesmo vendo a velocidade da correnteza do rio que passa por baixo da estrutura caída da ponte e o risco de quedas e deslizamentos, ela acelera os passos para chegar à cidade onde mora. “É o jeito vir por aqui, porque pelo outro acesso, que é mais longe do Centro de Santa Rita, está cheio de lama e buracos. Além de ser mais esquisito. Então, eu passo correndo e seja o que Deus quiser”, comentou a dona de casa.

Pela localização da antiga ponte ser próxima à região do comércio de Santa Rita, como o mercado público, muitos produtores não têm como entregar as mercadorias nos estabelecimentos e estão improvisando o trabalho utilizando carrinhos de mão. Outras pessoas se arriscam em bicicletas. Mesmo com técnicos do Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER) alertando sobre o perigo, as pessoas continuam atravessando. “É o jeito passar por aqui. Eu tenho um neto que mora do outro lado (Cruz do Espírito Santo) e ele passa todo dia por aqui para deixar as filhas na escola (Santa Rita). Não só ele, como muita gente está passando por aqui assim mesmo. Agora, a gente espera que consertem logo, porque estamos ilhados”, desabafou o aposentado Adalberto Rodrigues, que mora em Santa Rita.

Ainda hoje, o DER informou que serão iniciados os trabalhos do desvio para pedestres e veículos, a fim de amenizar os problemas de tráfego no local. O acesso deverá ficar pronto nos próximos 10 dias.

A ponte sobre o Rio Preto tem cerca de 12 metros de extensão e foi recuperada há dez anos. Parte da estrutura desabou no último sábado em decorrência da chuva e do aumento do volume de água no rio. De acordo com o DER, a estrutura não tem mais condições de ser recuperada e um contrato para a construção de uma nova ponte está em andamento e as obras devem começar na próxima semana.

O DER informou que a nova ponte deverá ser concluída até novembro.

Relacionadas