domingo, 24 de janeiro de 2021

Policial
Compartilhar:

Vereador e mais oito são presos suspeitos de envolvimento em explosões a banco na PB e PE

Mislene Santos / 27 de janeiro de 2017
Foto: Divulga Policia
A “Operação Sem Divisas”, realizada em parceria com as Polícias Civis da Paraíba e de Pernambuco, prendeu nesta - feira (27)  nove suspeitos de envolvimento em explosões de bancos no Estado. Destas, três ocorreram no município de Alcantil, entre eles está o vereador mais votado na eleição passada, Moisés Marques de Sousa. Também houve uma  prisão em Campina Grande e outra em Alagoa Grande.

De acordo com o secretário de segurança da Paraíba, Cláudio Lima, a quadrilha é suspeita atacar bancos em três estados nordestinos.  “A Operação integrada resultou no cumprimento de mandados de prisão de pessoas suspeitas de envolvimento em explosões bancárias, 10% dos mandados foram cumpridos", informou o secretário.

Ainda segundo o secretário, durante as buscas foram apreendidas três pistolas .45, 9mm e 380 e aproximadamente R$ 3 mil em dinheiro. Os presos e o material apreendido foram encaminhados para a Central de Polícia de Campina Grande.

Cláudio Lima explicou que ao todo foram 45 mandados, 16 de prisão temporária, três de condução coercitiva e 26 de busca e apreensão. Do montante, foram cumpridos 13 mandados que resultam em três prisões em flagrante.

Atuação

De acordo com Cláudio Lima, a operação começou em Pernambuco. Ele disse ainda que quadrilha já teria agido em sete municípios de Pernambuco.

Relacionadas