terça, 19 de novembro de 2019
Policial
Compartilhar:

Trote denunciando assalto faz Polícia fechar rua em João Pessoa

Luís Eduardo Andrade / 29 de março de 2017
Foto: Valéria Patrício
A manhã desta quarta-feira (29) foi movimentada próximo a agência do Banco do Brasil, que fica na Avenida Dom Pedro I, no bairro do Centro, em João Pessoa. Por volta das 11h, o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) recebeu uma denúncia através do número 190, que um grupo de quatro suspeitos fortemente armados estariam assaltando a agência bancária e fazendo reféns.

A Polícia Militar foi acionada e uma guarnição da Polícia regional que estava próxima ao local, chegou primeiro e fez o procedimento padrão de evacuação do prédio e fechamento da rua, por volta das 11h41. Em seguida, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) também foi acionada e fez o cerco ao estabelecimento sob comando do Major Pereira.

Durante todo a ação dos policiais, a movimentação era grande nos arredores do banco. Inúmeros populares paravam para observar a ação e acompanhar o desfecho da operação. Além disso, agentes da Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob) desviavam o trânsito para que os veículos não passassem pela rua da agência. Porém, após finalizarem a varredura do local, os policiais não encontraram nenhum suspeito e o trote foi constatado. Com isso, a agência e a rua foram liberadas novamente para a população, por volta das 12h42.

Testando a Polícia

De acordo com o Comandante Geral da Região Metropolitana, Coronel Lívio, o trote pode não ter sido uma brincadeira de mau gosto, mas sim uma ação de criminosos. "Eu acredito que tenha sido um teste de elementos para saber se a Polícia iria ser efetiva. E nós chegamos rápido, fizemos o cerco e fechamos a rua. Se foi um teste mesmo, pode ter certeza que a Polícia sempre vai chegar.", afirmou o Coronel.

Quem ligou?

Ainda segundo o Coronel Lívio, o Ciop irá repassar o número que realizou a ligação à Polícia Civil que ficará responsável pela investigação a fim de prender o suspeito, que pode ficar detido de 6 meses a 1 ano por crime de comunicação falsa de crime ou contravenção.

20%

Conforme repassado pelo Ciop, a cada 100 mil ligações direcionadas ao disk-denúncia 190, 20 mil são brincadeiras de "mau-gosto", que podem não somente mobilizar equipes de segurança sem necessidade, mas impedir que situações de real urgência sejam atendidas com prioridade.

Punição para o trote

Detenção de 1 a 6 meses e multa é a pena que será aplicada à pessoa que ligou para o Centro Integrado de Operações Policiais e passou a informação falsa de que estaria acontecendo um assalto na agência do Banco do Brasil.

Aplicativo SOS Cidadão

Na última quarta-feira (22), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social da cidade de João Pessoa lançou o aplicativo SOS Cidadão, que visa desafogar o disk-denúncia 190. Através dele, também serão atendidas ocorrências pela mesma equipe do Ciop, que irá direcionar guarnições ao local.

Relacionadas