terça, 13 de novembro de 2018
Policial
Compartilhar:

Quadrilha que rouba estepes de carros tira sossego de motoristas

Ainoã Geminiano / 26 de setembro de 2018
Foto: Rafael Passos
Um crime patrimonial que, segundo a polícia, nunca deixou de acontecer, mas se intensifica em alguns períodos, voltou a tirar o sossego dos donos e motoristas de veículos particulares, em João Pessoa. É o roubo de pneus de estepe, tanto de modelos em que o pneu reserva fica no lado de fora, quanto nos modelos em que o compartimento fica dentro da mala. Só esta semana, transcorridos apenas dois dias, dois carros que prestam serviço à Justiça Eleitoral foram arrombados e os bandidos levaram os estepes. Dois deles foram violados nessa terça-feira (25), um pela manhã e outro à tarde.

Um dos casos de ossa terça-feira (25) aconteceu pela manhã, em frente ao Núcleo de Apoio Técnico às Urnas Eletrônicas (Natu), que fica no bairro do José Américo.

“Eu parei o carro na frente do Natu, entrei para fazer algo rápido e quanto voltei as fechaduras das duas portas estavam violadas. Os bandidos entraram pelas portas laterais, baixaram o banco traseiro e retiraram o pneu de estepe”, contou um motorista que não quis se identificar e que foi até a Central de Polícia onde registrou uma queixa da ocorrência.

Na delegacia, segundo contou, ouviu da delegada que uma gangue específica estaria agindo na Capital, roubando pneus de estepe. À tarde, outro carro da locadora que atente à Justiça Eleitoral foi arrombado, desta vez no bairro de Tambiá. Novamente os bandidos levaram o pneu de estepe.

A reportagem tentou falar com a delegada responsável pelo Boletim de Ocorrência (BO), mas não a localizou até o fechamento desta edição. No entanto, o delegado Getúlio Machado, da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) confirmou que esse tipo de roubo está acontecendo na Capital.

“No começo desse ano, inclusive, prendemos um homem que estava com um carro roubado e dentro do veículo estavam vários pneus que tinham sido roubados de outros carros. Descobrimos que, em um dos casos, ele entrou em um prédio no bairro do Geisel para roubar o estepe de um veículo”, lembrou Gétulio Machado.

Relacionadas