domingo, 19 de novembro de 2017
Policial
Compartilhar:

Presidente do PT de Mogeiro é assassinado

Redação / 07 de abril de 2016
Foto: Ilustração
O presidente do PT de Mogeiro, Ivanildo Francisco da Silva, de 46 anos, foi assassinado na noite dessa quarta-feira (06), no assentamento Padre João Maria onde vivia. A vítima foi morta na frente da filha de apenas um ano e um mês e, de acordo com nota enviada pela direção estadual do partido, a criança passou a noite inteira ao lado do pai morto, que só foi encontrado na manhã desta quinta-feira (07).

Além de presidente do PT municipal, Ivanildo era suplente de vereador e assentado da Reforma Agrária. Uma das suspeitas é que o seu assassinato teria sido motivado por seu envolvimento com a luta pela causa agrária. Existem indícios que o crime foi encomendado por latifundiários da região.

Em nota, a presidente do PT da Paraíba, Giucélia Figueiredo, lamentou o crime e cobrou da polícia a identificação e prisão dos culpados. "Acreditamos que o presidente do PT de Mogeiro foi vítima do latifúndio, afinal, tinha em sua história a luta pelos trabalhadores do campo, sempre acompanhando e apoiando as ações desenvolvidas pela Comissão Pastoral da Terra (CPT)", diz. 

Em 2015, Ivanildo Francisco já havia sido vítima de um atentado, junto com outros agricultores. Na época, eles foram atingidos por disparos feitos por capangas pagos pelos proprietários de uma terra local. Nesse caso, os capangas foram presos e liberados após pagamento de fiança.

"Esperamos que a Polícia da Paraíba encontre os verdadeiros culpados pelo assassinado de um grande companheiro de luta, que perdeu a vida por acreditar que a terra é um bem de todos, e não apenas de alguns", diz Giucélia na nota.

Relacionadas