quinta, 21 de janeiro de 2021

Policial
Compartilhar:

Policial Militar pede para estuprar filhas da namorada como prova de amor

Fernanda Figueiredo/Giovannia Brito / 01 de outubro de 2015
Foto: Arquivo
Um policial militar - que não terá seu nome divulgado a fim de resguardar a identidade das vítimas - confessou ter pedido à namorada para ter relações sexuais com meninas de 14 e 6 anos de idade, filhas dela. O pedido foi feito em conversa privada no Facebook. Imagens do diálogo começaram a circular nas redes sociais desde a última terça-feira, quando o Conselho Tutelar de Sousa também recebeu denúncias do caso. Desde domingo a mãe das crianças está foragida.

De acordo com o major Rômulo Araújo, comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, o policial foi ouvido na Corregedoria Militar na manhã de ontem e confessou ter feito a proposta à mulher com quem mantinha um relacionamento, há cerca de três meses. O acusado está afastado de suas funções e o procedimento será apurado.

“Ele assumiu a conversa, mas disse que a intenção não era consumar o ato, embora seja contraditório, considerando o que foi dito. Em principio será feito uma sindicância, mas ele não está preso, já que responde por premeditação do crime”, disse o major.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas