quarta, 17 de julho de 2019
Policial
Compartilhar:

Polícia Militar apreende carga de roupas roubadas em Campina Grande

Wênia Bandeira / 14 de dezembro de 2017
Foto: Chico Martins
Cerca de 30 mil peças de roupas foram apreendidas na terça-feira, no bairro de José Pinheiro, em Campina Grande e podem ser oriundas da onda de arrombamentos a lojas do centro da cidade. As informações foram repassadas em entrevista coletiva cedida ontem na Central de Polícia Civil.

As roupas, segundo o delegado de roubos e furtos, Cristiano Santana, estavam em uma casa localizada na Rua Chile.

O delegado ainda explicou que dois homens estavam no local quando os policiais chegaram e que outros dois chegaram enquanto o material era recolhido. Foram presos na casa, Rafael Pereira Silva, 33 anos, e Igor Azevedo Silva, 18 anos. Já Kleyton Alex Santos, 29 anos, e André Luiz Batista, 34 chegaram depois e teriam o intuito de recolher as peças.

Além da roupas, a PC ainda encontrou dois quilos de maconha prensada, uma balança de precisão, um carro da marca Voyage, de cor prata, uma moto CG Titan 160 cilindradas e uma bateria de gel utilizada em torres de telefonia e que não tem comercialização aberta. A suspeita é de que os veículos tenham chassi adulterado, o que ainda não foi confirmado pela polícia.

A residência é de Rafael e a moto apreendida estava com Igor, enquanto os demais detidos estavam no carro. De acordo com Cristiano Santana, nada do que foi apreendido tem comprovação da origem lícita.

Parentes dos presos informaram que todo o material foi adquirido na feira da cidade de Caruaru, interior pernambucano. Os detidos declararam inocência em seus depoimentos.

Relacionadas